Início » Meu-Android » Há uma década, Microsoft, Nokia e Symbian (menos Apple) subestimaram o potencial do Android

Há uma década, Microsoft, Nokia e Symbian (menos Apple) subestimaram o potencial do Android

Em 2007, a Google apresentou para o mundo o seu próprio sistema operacional para smartphones, apelidado de Android. O SO da gigante do software mudou drasticamente de tempos para cá e, para que o robozinho chegasse a este ponto, foram atualizações em cima de atualizações. Na mesma época, e Steve Jobs estava trabalhando também no primeiro iPhone, no qual apresentou em um evento de imprensa icônico. Enquanto isso, o mercado era dominado pela Nokia, Motorola e BlackBerry.

Com isso, nem todos estavam convencidos de que a Google seria bem sucedida com o seu recém lançado sistema operacional. Em particular, há aproximadamente 10 anos, o Symbian e oSO da Apple estavam comemorando suas vitórias, derrubando desejos e anseios do Google em potencial para alcançar um pequeno pedaço do mercado dos dispositivos móveis.

Contudo, abaixo estão algumas das frases ditas pelas empresas rivais do Google, no qual subestimaram o poder e a força que o Android tinha reservado na época:

Nokia – “Nós não vemos isso como uma ameaça”.

Microsoft –  “Realmente parece que eles estão recebendo um monte de pessoas juntas para construir um telefone e isso é algo que fazemos há cinco anos. Não entendo o impacto que eles farão”.  – Scott Horn, equipe Microsoft Windows Mobile.

Symbian –  “Se o Google não estivesse envolvida, a indústria acabaria de bocejar e reverter. Levamos a sério, mas somos os que possuem telefones reais, plataformas de telefones reais e uma grande quantidade de volumes acumulados ao longo dos anos”.  – John Forsight equipe Symbian.

Apple – “Temos um ótimo relacionamento com o Google e isso não muda nada. Eles certamente são um parceiro importante para o iPhone”. – Porta-voz da Apple.

Tendo se passado 10 anos, a Nokia e demais empresas aprenderam a não subestimar concorrentes. A Apple, contudo, toca o barco confiando em seus trabalhos (foi o posicionamento mais acertado).

As principais empresas estavam comemorando o aumento de suas vendas de dispositivos em um mercado insaturado, que estava apenas experimentando a “explosão” no qual ainda estava para acontecer. No decorrer dos anos, ficou claro que o Android não está indo apenas à seu ápice, como também está sugando fatias de mercado por todo lado. Motivos de sobra para o Google comemorar.

Fonte: Engadget Via

Sobre Jader Peterson

Apaixonado por tudo que envolve tecnologia e aviação. Desde cedo a tecnologia tem feito parte da minha vida e, assim, sou fascinado por ela.
%d blogueiros gostam disto: