Motorola acaba de certificar três novos dispositivos intermediários em órgão americano

Ao olharmos para o nosso mercado, a linha de smartphones da Motorola parece figurar como uma das mais consistentes opções, já que desde o lançamento do primeiro Moto G por aqui a marca adquiriu uma estabilidade de crescimento invejável. Quando a avaliação é voltada para todo o globo, o cenário não se mostra tão favorável assim, já que a empresa conta com baixa participação em muitos dos mercados mais influentes do mundo.

Ainda assim, a Lenovo mostrou comprometimento com o crescimento da empreitada móvel, após informar que estaria renovando os seus planos para fazer a marca superar o período de prejuízos, tendo até mesmo abandonado a sua marca padrão para apostar na força da pioneira. E os primeiros indícios dos esforços da chinesa começam a tomar forma este ano mesmo, já que após o lançamento da quinta geração do seu smartphone mais popular, mais três dispositivos acabam de serem certificados, como mostra o documento abaixo.

Sem muitos detalhes claros, as certificações demonstram que existem três novos smartphones a chegarem ao mercado norte-americano (inicialmente), com configurações intermediarias. Os modelos trazem os códigos XT1754, XT1755 e XT17958, chipsets da MediaTek (6737M) e bateria de 2.350 mAh ao lado de 16 GB de memória interna. Tudo indica que podemos esperar novos aparelhos da linha E ou C ainda este ano.

Devido as informações coincidentes entres os dispositivos, tudo indica que estamos falando de 3 variantes de uma mesma novidade, com diferenças sutis entre eles como câmera, memória RAM e tamanho/resolução de tela, com nomenclaturas como power e Pro, que devem aparecer como os aparelhos mais econômicos do portfólio de 2017 pela Motorola.

Sem mais informações, ainda não podemos saber ao certo qual será a estrategia para estes aparelhos, quando será o seu lançamento e em quais mercados será lançado.

Fonte.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.