Mulher grávida sofre queimaduras com iPhone 7 e se recusa a receber um novo da Apple

queimadura-iphone-7

Os casos de smartphones que se superaquecem e consequentemente pegam fogo, estão ficando cada vez mais sérios. Anteriormente, vimos um caso que envolvia Mat Jones e um iPhone 7, onde o mesmo deixou seu telefone sob um monte de roupas dentro de seu carro estacionado frente a praia enquanto ele ia dar uma aula de surf. Quando ele voltou, encontrou o seu carro cheio de fumaça. Final das contas – o telefone se aqueceu e entrou em chamas causando muito estrago dentro do veículo.

iphone-7-queimouAgora, temos um novo caso que envolve uma mulher grávida e seu iPhone 7 – Na Austrália, Melanie Tan Pelaez adormeceu enquanto seu iPhone 7 estava ligado ao carregador ao mesmo tempo em que ela assistia à vídeos. Ela acordou sentindo alfinetadas e agulhadas e viu queimaduras em seu braço direito, em seguida, foi imediatamente para o hospital para saber a causa (sem notar que foi seu próprio smartphone).

Chegando ao hospital o médico prontamente relatou para ela que algo enquanto ela dormia a queimou – voltando para casa encontrou seu iPhone entre os lençóis, que mostrava sinais que foram compatíveis com suas queimaduras. Dito isso, Melanie levou seu telefone à uma Apple Store local, onde foi informada de que a unidade não parecia ter um certo cheiro característico que provocasse queimaduras. Ainda assim, seu telefone foi enviado para Cupertino, EUA, para os testes. Enquanto isso, foi oferecido um novo telefone a vítima, que se recusou a recebe-lo e enfatizar que não confiava mais no dispositivo, embora tenha sido a primeira vez que ela adquiriu um iPhone.

Ela ainda não entrou com uma ação contra a Apple, apesar de que isso possa ser uma possibilidade. Enquanto isso, a vítima procurou um cirurgião plástico para ter que passar por alguns procedimentos cirúrgicos dolorosos.

Fonte | Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.