Pokemon GO: novas mecânicas, eventos e monstrinhos Shiny tentam reviver o game

A febre do Pokemon GO pode não ser mais a mesma, mas o jogo permanece bem vivo para aqueles que ainda não desistiram de caçar os monstrinhos mais populares do mundo com ajuda do seu smartphone. Com a chegada da segunda geração a Niantic vem recuperando boa parte do público e trazendo altos números para os seus servidores novamente, o que tem impulsionado a companhia a trazer cada vez mais eventos para entreter e manter os seus jogadores.

A bola da vez está com a chegada dos primeiros raros monstrinhos com coloração diferenciada, conhecidos como Pokémon Shiny. Extremamente populares nos jogos oficiais da franquia, os exemplares de alto nível de raridade são valiosas moedas de troca e servem como um troféu para o jogador que tem a oportunidade de captura-los, já que a chance de aparição de um Pokemon Shiny fica em torno de 3.000 para 1.

Até o momento a empresa confirmou apenas a presença da variação para o Magikarp, que assume uma coloração dourada. Servindo como uma introdução a novidade, o shiny Magikarp une-se ao atual evento que trouxe um spot aumentado de Pokémon aquáticos até o dia 29 de março, estando muito mais fácil encontra-lo que em condições normais. Além disto, você ainda poderá evoluir-lo para obter um Gyarados na coloração vermelha!

Contudo, muitos usuários estão relatando que ao finalmente capturar o raro Pokémon, foram surpreendidos por uma revelação de um simpels Ditto. Isso se dá por conta de um descuido da Niantic, que não impediu que o as variações shinys do Magikarp também fossem camuflagem para o Pokémon metamorfo.

Após um lançamento bem sucedido de uma série de novidades que refinaram a mecânica do jogo e a adição constante de eventos periódicos, a empresa espera continuar conseguindo bons resultados com o game que já foi fenômeno em todo o globo, ainda que saiba que será preciso muito mais para recuperar o efeito inicial. E você, ainda joga Pokemon GO? já conseguiu o seu Magikarp Shiny?

Fonte. 

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.