Um adeus a linha ZUK, todos os próximos dispositivos serão chamados Lenovo Moto

Não há duvidas que a linha Moto é a queridinha dos brasileiros, tornando a forte presença da Motorola no país algo extremamente confortável para a Lenovo, que ainda assim, busca aos poucos inserir alguns modelos da sua própria linha no país, mostrando certo êxito como o Vibe K5, A7010 e C2e Vibe B. Mas parece que a Lenovo anda meio desorientada sobre manter tantas linhas de smartphones em produção.

De acordo com uma conversa na rede social Weibo, foi revelada uma informação interessante – o ZUK Z3 não será lançada, porque a divisão ZUK Mobile está fechando suas portas. Analista Pan Jiutang admitiu que a Lenovo vai encerrar a série de smartphones para desafiar seus concorrentes no mercado chinês com outra proposta.

[gallery columns="1" size="large" ids="50071"]

Essa notícia reforça a informação de que o vice-presidente da Lenovo, Alex Chen Yu, nos informou: “para que sua empresa possa competir melhor com as empresas nacionais, talvez eles precisem oferecer em seus dispositivos interfaces de usuário mais personalizadas como MIUI, EMUI e Flyme” – deixando claro que mudanças drásticas estão prestes a acontecer.

A Lenovo já anunciou que começará a marcar todos os seus novos telefones com o “Lenovo Moto” depois de ter encontrado problemas para lucrar em outras linhas. Os planos iniciais eram de unir as divisões Moto e Lenovo sob um novo nome. ZUK Mobile é a mais nova unidade móvel da Lenovo e encerra suas atividades após apenas 23 meses de existência. No seu curto período de tempo, foram lançados 5 dispositivos , sendo o último o ZUK Edge no final de 2016.

O único sobrevivente desta ação é a ZUI da empresa – que de acordo com o vice-presidente, a interface de usuário deve ser levada para futuros dispositivos da linha Moto.

Fonte | Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.