Acordo de compartilhamento de redes entre Vivo e TIM é anunciado

Mesmo nos mercados mais disputados, a aliança entre concorrentes pode ser vista como uma oportunidade para atingir novos patamares. Isto é o que visam Vivo e TIM, duas das companhias de maior sucesso na oferta de internet móvel do país, que iniciam discussões sobre o compartilhamento de infraestrutura das redes 2G e 4G.

Anunciado nesta terça-feira (23), o memorando assinado pretende beneficiar cidades de menor porte, com até 30 mil habitantes.

As companhias destacam os benefícios que podem resultar dessas discussões em relação à melhoria na qualidade de serviço para clientes de ambas as operadoras, bem como a eficiência na alocação de investimentos e nos custos operacionais.

Utilizando-se da frequência de 700 Mhz, o compartilhamento da estrutura para a rede 4G deve ganhar expansão para cidades maiores no futuro, enquanto a rede 2G em modelo single grid já estará cobrindo todo o país.

O projeto detalhado ainda não foi apresentado pela Anatel, uma vez que as empresas ainda analisam oportunidades de redução de custo em operações e manutenção da infraestrutura. A formalização com o órgão regulamentador deve acontecer em até 90 dias.

Presidentes da Vivo e TIM apontam que o acordo deve impulsionar investimentos e acelerar a implantação de novas redes, demonstrando interesse claro no compartilhamento de rede em outra tecnologias no futuro.

Vale apontar que o acordo não representa nenhuma relação de exclusividade ou fusão entre as empresas, visto que ambas já compartilham infraestrutura com outras parceiras comerciais em outros negócios.

Fonte

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.