Afinal, por que baterias pegam fogo e explodem?

Note7

Se você acompanha as notícias do mundo tecnológico, especificamente relacionadas a smartphones, deve ter ouvido falar sobre as polêmicas explosões referentes ao Galaxy Note 7 da Samsung. Com esse fiasco, a Samsung “descontinuou” a produção do aparelho, fazendo um recall do modelo vendido, forçando muitos clientes a devolver seu Note 7 em lojas e assistências autorizadas para receber um reembolso do valor pago.

Segundo a Samsung, estes problemas estavam relacionados as baterias do mesmo, porém, mesmo depois de fazer a substituição de uma nova bateria, os aparelhos ainda apresentavam riscos. Mas, afinal, por que as baterias pegam fogo e explodem?

Motivos

A maioria dos smartphones oferecem baterias de íons de lítio, que são compactas e armazenam uma grande quantidade de energia, mas que também, potencialmente, são explosivas.

lithium_battery_thinkstock_624x351_thinkstock

Basicamente existe duas formas de iniciar um superaquecimento em uma bateria: carga acima do esperado e dano físico. Por muitas vezes ouvimos casos que um celular explodiu ao ser recarregado com carregadores falsificados. Então, esse é um exemplo de carga enviada acima do que realmente deveria chegar a bateria, fazendo com que ela não suportasse tamanha energia e se super aqueça.

Muitos carregadores originais, possuem controladores que limitam a energia assim que eles entendem que a carga está acima do normal, sendo assim, cortam o envio, prevenindo que danifique a bateria ou seu smartphone. No entanto, não podemos garantir que carregadores falsificados possuam esse recurso, então é melhor não se arriscar.

Battery Bateria

Outra forma de explosão é por danos físicos. Os casos são menos comuns, mas podem acontecer. Uma bateria é feita de três camadas, sendo: polo negativo, polo positivo e um filtro que impede o contato dos dois, afinal, se um encostar no outro, você já deve saber o resultado.

Isso é o que, provavelmente, acontece com os aparelhos da Samsung. Apesar da empresa ainda não ter afirmado oficialmente o motivo das explosões, ela acredita que algumas baterias possuem esse problema ao dividir os polos. Fazendo com que o positivo encoste no negativo, e superaqueça provocando uma explosão.

Uma dica importante: evite recarregar qualquer smartphone em cima da cama ou debaixo do travesseiro. Apesar desses lugares serem confortáveis para nós, para as baterias podem ser um grande problema. Já que ela não conseguirá dispersar o calor de forma adequada devido ao abafamento do local.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.