Amazon Brasil vai finalmente iniciar a venda de dispositivos eletrônicos

É, a Amazon começou timidamente em 2012, onde só vendia livros eletrônicos, e atualmente atua no comércio de livros físicos e congeneres no Brasil. Mas parece que o tempo de timidez acabou!  O jornal Valor Econômico anunciou na última quarta-feira (11), que a Amazon começará a vender produtos de outras categorias além de livros, sendo eles primeiramente produtos eletrônicos a partir da próxima quarta-feira (18).

O intuito primário da gigante do varejo, é íniciar suas atividades nos setores de informática, eletrônicos, telefonia e moda, aproveitando a tendência de vendas do fim de ano. O presidente da Amazon no Brasil, Alex Szapiro, não comentou ainda sobre os mais variados planos da empresa.

A expectativa é que a empresa se começa a atuar da mesma forma ao que faz nos Estados Unidos, com a loja operando como uma intermediária entre vendedor e consumidor final. Porém a Amazon terá dificuldade em repetir no Brasil a hegemonia que conquistou nos Estados Unidos, pois sua operação logística que faz toda a diferença lá fora, é completamente diferente aqui no Brasil. No exterior, a Amazon tem centros de distribuição para abrigar os produtos dos lojistas e uma transportadora própria para garantir que o cliente receba o que comprou no tempo estimado.

Mas com tantas especulações, quem não gostou nada da notícia foram os demais varejistas, pois reconhecem a força financeira da Amazon e variavelmente esperam descontos estabelecedores nos diversos seguimentos do varejo nacional. De acordo com algumas informações, as negociações com os varejistas já estariam em fase avançada. Parece que a Amazon estaria aproveitando mesmo a época de altas vendas da Black Friday para lançar e testar a eficiência de seu serviço.

ViaVia

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.