Analista prevê que o pico de vendas de iPhone passou e as vendas deverão cair nos próximos meses

iphone-7-e-7plus

O iPhone 7 trouxe para os consumidores opiniões diversas, uma vez que traz uma melhoria de tudo aquilo que o 6s pecava, mas ao mesmo passo não trouxe grandes novidades. Ainda assim, a revelação da Apple foi o suficiente para ver as vendas do seu smartphone chegarem ao topo de vendas à nível global, contudo um analista prevê que esse folego está prestes a acabar.

Segundo Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, após o pico das vendas as fornecedoras de peças para a Apple deverão ver os pedidos diminuírem entre 5% e 15% nos últimos meses do ano. De acordo com Kuo, a Apple venderá entre 70 e 75 milhões de iPhones até o final de 2016, o que está bem abaixo das previsões que esperavam uns 10 milhões a mais. Um dos motivos apontados é a diminuição do modelo de 4.7 polegadas, que costuma ser mais vendido que a variante Plus, mas nesse ano apresenta pouquíssimas novidades em relação ao seu antecessor.

Também é previsto uma descrente ás vendas na China, que tem consolidado cada vez mais correntes de peso para este mercado. Ming-Chi Kuo é bastante respeitado quanto as suas previsões sobre a Apple, tornando necessário levar a sério estas previsões.

Fonte.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.