Início » Meu-Android » Apple perde mais de 50% da sua participação no Brasil para concorrentes com Android

Apple perde mais de 50% da sua participação no Brasil para concorrentes com Android

Já faz um bom tempo que o Android adquiriu uma posição de liderança no que se refere a preferência do consumidor brasileiro. Graças a grande diversidade de aparelhos de várias marcas e custos diferentes, o sistema da Google tem equipado quase 90% dos aparelhos vendidos e utilizados pelas bandas de cá. Obviamente, se a balança perde muito para um lado é porque o outro está em falta.

Depois da quase extinção do Windows Mobile entre os consumidores brasileiros (causada principalmente pela saída da Microsoft do país), a competição voltou a focar-se apenas nos dois titãs dos sistemas móveis, mesmo que isso não apresente um cenário tão competitivo como no resto do globo. Enquanto o robozinho domina conta com uma forte e crescente participação, o sistema da Apple fica com uma fatia pouco expressiva, que vem apresentando quedas ano após ano.

Esta semana a consultoria Counterpoint divulgou dados que apontam que a Apple apresentou em 2016 uma queda massiva de 50% na sua participação, que foi de 8,3% para apenas 3,8%. Obviamente, o principal motivo indicado para justificar o resultado negativo é o alto preço dos dispositivos da companhia, que acentuam-se em um período de crise. Atrelado a isso está contraproposta de suas concorrentes, que oferecem modelos cada vez mais refinados por um preço muito menor.

As fabricantes que ganharam espaço foram as que conseguiram oferecer celulares menos caros

Um bom exemplo pode ser feito ao comparar dispositivos como o Zenfone 3, os novos modelos da linha Galaxy A ou o Moto Z Play. Com construções premium, câmeras de respeito e um kit de processamento competente, os aparelhos são vendidos por quase a metade do preço dos iPhones, mesmo não se equiparando em processamento. Quando falamos dos seus concorrentes diretos como o Moto Z e o Galaxy S7 a situação é pior: com diversas reduções de preço, os tops de linha com competências similares ao modelo da Apple apresentam um valor expressivamente menor.

O efeito disto está expressado no aumento de participação da Samsung e Motorola no país, que alcançaram as marcas de 45% e 12,9% respectivamente. Tudo indica que boa parte dos novos consumidores obtidos por estas marcas sejam ex-usuários do smartphone da Apple, procurando novas alternativas para adequar-se aos padrões atuais.

Fonte

Sobre Deco Portella

Caseiro, estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.
  • Luis

    A apple só coloca esses valores porque tem gente que paga! O que ela nao vende na africa ela ganha com o lucro aqui no BR, nao vejo a hora de ir para o android de novo, e amigos… COMO VENDE ESSA MOTOROLA :0

  • deivid

    Nao tem mais aparelho com w10,iPhone custa os zoios da cara e de cada 10 aparelhos 11 tem androide , assim fica difícil competir

  • Vinicius

    Tem de colocar nessa conta um monte de gente que ia viajar e trazia um iphone novo e agora ao invés de iPhone estão trazendo S7 e olhe lá; isso os que ainda estão indo viajar. A uns 3 anos sempre tinha alguém indo dar uma voltinha em Miami ou NY, agora nem para Argentina.

  • Jaime Jr

    Brasil caminha pra uma situação de mercado semelhante a da Índia, se não me engano lá o Android já domina 99% do mercado. Mesmo que tentem culpar a carga tributária, não vejo apenas isso, a Apple caga na cabeça do consumidor brasileiro, e quem tem dinheiro compra. Sem falar na enorme quantidade de iPhones que vem do Paraguai, moro no interior do Paraná, se eu pedir pra um muambeiro conhecido trazer um iPhone 7 pra mim de lá, depende o cara, sai por menos de 2500 reais, mil reais mais barato que aqui. Enfim, se o Android cresceu e os outros sistemas estão sumindo, o mérito e da Google e das Oems que não abandonaram o mercado nacional.

    • Vinicius

      Brasil caminha para o fundo do poço. Quem acha que a coisa vai melhorar espera a guerra que vai ser 2018 com eleições… Isso aqui já tá o cú do mundo, agora com as delações da Odebrecht, eleições chegando, governo atual corrupto, esquerda querendo mais é que tudo se exploda para que esqueçamos as merdas que fizeram… Eu já tô velho e fodido mas quem é mais novo e tiver oportunidade de ir morar fora não tem de pensar nem 2x. Vai demorar no mínimo mais umas 2 gerações para a coisa melhorar se começarem a conserta essa bosta toda hoje.

    • Guilherme

      Jaime, você tem blog?

      • Jaime Jr

        Não. Segundo o André bufão eu sou irrelevante e não sou mvp, entao minha opinião não tem valor nenhum. Só ele sabe, só ele sabe opinar pq ele é amigo e consultar de todo mundo na Microsoft.

        • Guilherme

          Pois deveria ter. O povo está precisando ouvir umas verdades.

        • Ente Azul

          Cada dica dele aumenta 10% a fortuna do Bill

  • Alessandro Mendes

    Realmente triste realidade quando uma empresa que nem à Microsoft abandona os seus usuários aqui no brasil. Agora o que resta é mudar de casaca, próxima top de linha pra mim já está prescrito, vai ser da androide. Gosto mto do Windows, mais desse jeito não da sinto mto.

  • Alan Alves

    Os preços da Apple realmente são fora da realidade.
    Quando somamos os ingredientes da tragédia brasileira, dificulta ainda mais a situação da Maçã.

  • Guilherme

    Quantos PCs com Linux temos no mercado?
    Quantos computadores da Apple abaixo dos 12.000 reais temos nas prateleiras?

    Ops, parece que não temos uma opção de verdade ao Windows. Por que não vejo ninguém reclamando?

    • Rodrigo Ignácio

      Mas nesse caso não é por falta de opção e sim por preferência das pessoas.

      • Guilherme

        Por que? O que te faz pensar que todo mundo está satisfeito com o Windows?

        • Heisenberg

          Não é satisfação, mas uma maior familiaridade com o SO. Desde de pequeno mexendo no PC (seja para fazer trabalho ou editando algo) acaba se acostumando, mesmo q não sendo melhor. Só os entusiastas que se aventuram com Linux (e mts em dual boot por n motivos).

  • Saulo Augusto Ramos

    Isso é péssimo para o mercado brasileiro. Sem concorrência não há competição, qualquer coisa que as fabricantes de androides fizer seremos obrigados a engolir!!

    • Lucas Almeida

      O monopólio é uma merda

  • Luciano

    Quase não, windows mobile foi extinto no país faz tempo !