Baterias são como uma bomba: Por isso a LG está fazendo testes da pesada nas baterias do G6

Com a má experiência que tiveram os usuários do Galaxy Note 7 , a LG está se prevenindo fazendo uma série de testes de produção com o seu novo carro-chefe, LG G6. O pessoal do Phonearena passou pelos laboratório da fabricante para pegar detalhes sobre como funciona os ritmos de tortura com a bateria do aparelho.

Um dos principais testes realizados pela LG para o G6, é coloca-lo em sondas de resistência à água, ou testes de queda controlada onde o telefone cai de altura da cintura em pisos de aço, madeira ou carpete. A empresa diz: “bateria é como uma bomba, fazemos esses testes para evitar ferimentos em pessoas, mesmo que a bateria exploda”, segundo Kim Sung-woo, engenheiro chefe do LG Digital Park, onde todos os testes são realizados.

O objetivo não é apenas verificar se a bateria explodirá sob certas circunstâncias extremas, mas também para limitar os eventuais danos. Justamente por isso, a bateria é colocada no fogo, e sua explosão irá registrar se os destroços vão voar incontrolavelmente ou se ela apenas se abre.

[gallery columns="2" size="large" link="file" ids="48822,48821,48820,48824"]

LG também faz testes em unidades de bateria, atravessando pregos para certificar-se de que, caso seu animal de estimação mastigue-a, por exemplo, essas mordidas podem furar o aparelho, e se ele não vai eventualmente entrar em chamas. Em seguida, há o teste de impacto – uma unidade de bateria é colocada em uma barra de ferro, e um grande peso de 9 quilos cai sobre ela – se a embalagem é quebrada, mas não explode, então a montagem está “perfeita”, logo, o design da bateria é bom e confiável o suficiente.

São esses os testes que a Samsung começou a aplicar após os diversos acidentes causados pelo Galaxy Note 7. Acima você pode conferir algumas fotos capturadas pela fonte em questão do laboratório da LG.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.