Bill Gates diz que o maior erro da Microsoft foi ter “vacilado” no mercado de smartphones

Há apenas alguns dias atrás abordamos uma notícia aqui onde se falava que a vice-presidente da Microsoft (Laura Buttler) voltou a mencionar o Windows Phone através de uma entrevista. Dito isso, o fundador da gigante do software, Bill Gates, também voltou a mencionar a plataforma móvel da Microsoft em uma entrevista recente ao portal Techcrunch.

O que foi dito nessa entrevista? Bom, ele basicamente enfatizou que o maior erro que sua empresa já cometeu foi ter perdido/vacilado no mercado de smartphones. Confira a seguir parte do que foi dito durante a pauta:

Você sabe, no mundo dos softwares, em particular das plataformas, esses são mercados que definem o vencedor. Então, você sabe, o maior erro de todos é o erro que eu cometi que fez com que a Microsoft não fosse o que o Android é hoje, [ou seja] o Android é a plataforma elementar para telefones que não é da Apple nem da Microsoft. Isso deveria ter sido algo natural para a Microsoft vencer (mas, não foi o que aconteceu.

É realmente o caso do vencedor leva tudo. Se você estiver lá com metade dos aplicativos ou 90% de muitos aplicativos, estará no caminho certo para concluir o processo. Há espaço para exatamente um sistema operacional não-Apple e o que isso vale? Quem sabe US $ 400 bilhões que seriam transferidos do Google para a Microsoft, certamente.

E é incrível para mim, ter cometido um dos maiores erros de todos os tempos – e houve esse processo antitruste e várias coisas que, você sabe, nossos outros ativos, Windows, Office, ainda são muito fortes. Então somos uma empresa líder.

As causas do suposto vacilo

Mesmo enquanto existia telefones Windows sendo vendidos no mercado, já se falava sobre o vacilo da Microsoft em não prever o rápido crescimento dos smartphones – isso fez com que a Microsoft ficasse para trás especialmente no ramo que em uma plataforma precisava ser alimentada: o desenvolvimento de softwares de terceiros.

Mesmo com os grandes esforços da empresa trabalhando em cima do Windows Mobile 5.X, do Windows Phone 7.X, Windows Phone 8.X e do Windows 10 Mobile, vimos que não era o suficiente para barrar o estrondoso crescimento do Android e do iOS. Ainda assim, a impressão que sempre ficava era de que a empresa não dava a devida atenção ao seu próprio sistema – concentrando sempre nos PCs e produtos de nicho.

Contudo, ficamos um tanto surpresos da Microsoft ter sobrevivido a tudo isso, pois até outras plataformas foram deixadas para trás com o boom do Android, como por exemplo: o Symbian da Nokia, o SO da Black Berry. Claro, a mudança de estratégia da Microsoft dirigida pelo CEO Satya Nadella teve um grande mérito pela sua sobrevivência.

Fonte / Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.