Casas Bahia e Pontofrio agora aceitam smartphones usados como pagamento de um novo

Com a crise que vivemos em nosso país, tem sido cada vez mais complicado para os consumidores comprar um smartphone novo. No entanto, a ideia de receber dispositivos usados como parte do pagamento está se popularizando no Brasil. Hoje, mais duas lojas começaram a praticar essa nova tática de venda.

Para ajudar seus clientes a comprarem um novo smartphone, a Pontofrio e Casa Bahia, passam a aceitar smartphones e tablets usados como parte do pagamento na compra de um novo.

Tudo funciona da seguinte forma. Antes de fechar a venda, o comprador deve responder algumas perguntas essências para que se saiba sobre o estado do seu smartphone está apto a ser reaproveitado. Feita a avaliação, o cliente recebe um termo de transferência de propriedade, e finalmente, oficializa a transação. Em seguida, você irá receber um vale-compra (com validade apenas para o dia da venda) para assim ser usado em sua nova aquisição; a compra também pode ser feita em lojas físicas.

[gallery size="full" type="slideshow" ids="47134,47135,47093"]

Apesar de ser algo mais prático e seguro, há algumas limitações como:

  • Válido apenas para aparelhos comprados no Brasil
  • Pagamento máximo de R$2200 por um aparelho
  • Não aceita Windows Phones

O valor oferecido é justo?

A “novidade” oferecida pelas lojas varejista não é tão boa quanto se espera, por exemplo: Um iPhone 6s Plus de 128GB, por exemplo, teve o preço de compra de R$ 1.600,00 . Usando esse meio, você terá mais facilidade, economia de tempo, segurança e praticidade.

Por outro lado, o cliente pode optar por vender seu smartphone em sites como OLX ou MercadoLivre e quem sabe ter um valor mais justo por seu produto.

  • Mas se você quiser avaliar quanto vale seu dispositivo, um site já foi disponibilizado para isso através desse LINK.

FonteVia

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.