CEO da Microsoft diz que o Windows 10 Mobile não é mais necessário com o OneCore

Em uma recente entrevista da GeekWire Summit, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, insinuou que a empresa está aproveitando seus recursos para apresentar um novo dispositivo móvel, mas que o Windows completo. Todd Bishop, da GeekWire, perguntou a Nadella: “Você renunciou ao hardware do smartphone?” Nadella começou sua resposta identificando a incapacidade da Microsoft de competir no espaço de smartphones:

Nós… não temos o compartilhamento para ter hardware de smartphone que seja uma escolha real do consumidor. Não podemos atrair desenvolvedores.

O que estamos fazendo é garantir que o nosso software esteja disponível para que possamos atender os clientes, que realmente não se preocupa com muitas coisas sobre as quais um consumidor se importaria.

É notável que Nadella não disse: “sim, desistimos de smartphones”. O que vemos até agora é um reconhecimento da incapacidade da Microsoft de competir no espaço do consumidor e uma declaração de que a Microsoft está trabalhando para garantir a disponibilidade de software para clientes corporativos que não se preocupam com o que os consumidores normalmente desejam.

OneCore “aposenta” o Windows 10 Mobile

Nadella destaca também que não há um SO de telefone distinto; há apenas o Windows. O que deixa a acreditar que Core OS seja o one-Windows-for-all-device-types da Microsoft. Sendo assim, o Windows 10 Mobile não é mais necessário.

Bispo perguntou também: “O que você vai fazer com o Surface? Existe algum fator que você esteja mais interessado em que ainda não comentou?”

Nadella responde:

Eu definitivamente não vou falar sobre isso antes de eu ter o dispositivo. Mas… Não se trata do dispositivo; É o software e o dispositivo. O fato é que agora precisamos inovar em novas categorias, levando o silício para a nuvem, claramente, a criação de categorias vai ser uma grande parte do que nós temos a fazer.

De forma geral, a resposta de Nadella à pergunta “Você renunciou ao hardware do smartphone?” foi um “não”, quando a maioria teria dito que sim. Em vez disso, vemos uma expressão cuidadosamente articulada de uma estratégia móvel centrada na empresa.

Ele primeiro explica um foco em usuários corporativos e não nos consumidores finais. Ele afirma que a estratégia one-Windows-for-all-devices, não confirma a necessidade do Windows Mobile. Ele divulga o objetivo de redefinir o PC no contexto de uma discussão sobre smartphones. E fala sobre a criação de categorias que envolvem hardware-software-nuvem. Isso foi tudo em resposta a uma pergunta direta sobre a posição da Microsoft na construção de hardware móvel.

Parece que Nadella estava dizendo que os esforços móveis da Microsoft se voltarão para um PC-Surface ou PC empresarial, como um fator de forma em telefonia, executando o OneCore.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.