CEO da OnePlus responde às principais críticas levantadas sobre o novo OnePlus 5

Após tantas críticas acerca de mídia e dos entusiastas, hoje, o co-fundador e CEO da OnePlus, Pete Lau, respondeu a algumas das principais questões apontadas para o mais recém lançamento da fabricante chinesa, tendo em vista o principal história de que o telefone teria manipulado as pontuações de referência em teste de benchmark.

Diante disso, Lau respondeu: “Nós só tentamos aproveitar todo o potencial da CPU, ou seja, as pontuações de benchmark foram aumentadas para exibir as verdadeiras capacidades de desempenho do OnePlus 5.” Embora tenha sido um assunto enfatizado por muitos sites de tecnologia, podemos dizer que uma pessoa qualquer que se interesse pelo dispositivo não iria de fato confiar em qualquer que fosse os resultados desses testes para decidir pela compra do telefone em questão. Contudo, mesmo se o OnePlus manipulasse os resultados, isso não faria qualquer diferença nas vendas.

Outra crítica bastante levantada foi a semelhança do dispositivo com o iPhone 7 Plus  da Apple. Sobre isso Lau respondeu dizendo que ouviu muitos comentários similares desde o lançamento da primeira geração do OnePlus. “Mas o tempo provou tudo”, disse Lau. “O primeiro OnePlus se tornou um clássico”.

A próxima crítica foi sobre resolução da tela. Muitos acreditam que um painel QHD é demais em um smartphone e que você realmente não se pode notar uma diferença visual entre um display FHD ou QHD. Além disso, uma tela QHD aumentaria o preço final do dispositivo e até traria um consumo maior da bateria.

Os aparelhos OnePlus são conhecidos pelo seu poder de hardware à preços baixos em comparação com os modelos mais caros do mercado. Mas o novo OnePlus 5 apresenta o preço ligeiramente mais alto este ano. Sobre isso, o CEO Lau ressalta, os preços dos componentes estão aumentando e o OnePlus 5 usa agora 8 GB de RAM em alguns modelos. Isso não fica barato no final das contas.

Para cada questão levantada pelos consumidores e pela mídia, o CEO da OnePlus teve uma resposta que poderia trazer positivismo aos interessados pelo o OnePlus 5, aparentemente.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.