Culpa do Windows Phone? Windows 10 não vai chegar a 1 bilhão de instalações

windows10-pc-smartphone-integration

Após o ambicioso anuncio da Microsoft de querer atingir um bilhão de instalações até 2018, estranhamente vemos a empresa admitir que não vai conseguir atingir o prazo auto-imposto.

Apenas o setor móvel seria a causa – de acordo com a Microsoft, a adoção relativamente lenta do Windows 10 por parte do usuário, agora cerca de 350 milhões de instalações foram feitas, incluindo (desktop e móvel), apesar da gratuidade atualização durante 1 ano. Grande parte da culpa, então, seria atribuível a baixa venda de aparelhos com Windows 10 Mobile. Isso é, deve-se levar em consideração a demorar para liberar o Update oficial, que levou mais de 1 ano após seu anuncio para o mundo e a forma com que ela foi liberada – através do App Upgrade Advisor – uma vez que muitos usuários não tem conhecimento da aplicação.

A Microsoft esperava que Windows Phones que executam o Windows 10 Mobile fosse ajudar a bater a meta, até meados de 2018. Porém, desde abril de 2015, o mercado do Windows Phone vem caindo, uma vez que a própria empresa admitiu que o Windows Phone não seria o foco para 2016.

Desde a liberação do Windows 10, chegamos a mais de 350 milhões de dispositivos ativos, com registro de satisfação do cliente e engajamento. Estamos satisfeitos com nosso progresso até agora, mas a concentração em nosso setor de hardware móvel, vai demorar mais tempo até 2018 para alcançarmos nossa meta de 1 bilhão de dispositivos ativos. No próximo ano, ficaremos animados sobre o crescimento de uso e provenientes instalações comerciais de novos dispositivos – e aumentando o tempo de satisfação do cliente com o Windows.

Terminando o upgrade gratuito é susceptível de haver um impacto relativamente pequeno sobre a absorção do Windows 10 em PCs e Tablets. A Microsoft tem seus planos para lançar algum tipo de Smartphone Surface – mas isso não vai acontecer antes de 2017. Essa é a próxima jogada da empresa.

Fonte Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.