De novo? Galaxy S7 explode dentro de um carro enquanto mulher dirigia

Uma pessoa de 27 anos de idade na Universidade Old Dominion que atende pelo nome de Shaunique Lamb, diz que seu Samsung Galaxy S7 pegou fogo. O que fez o incidente tão sério foi o fato de que Lamb estava dirigindo quando de repente a fumaça começou a sair do telefone. Lamb disse que o telefone não estava conectado ao carregador, mas foi sincronizado com o Bluetooth para que ela pudesse ouvir música.

O incidente ocorreu no dia 23 de fevereiro, e Lamb foi capaz de escapar de ferimentos graves. O que a abalou foi o pensamento de que ela carrega geralmente o telefone próximo ao corpo. Tendo escapado de lesões pessoais, Lamb não poderia escapar dos danos financeiros. Ela levou o telefone de volta para a loja Sprint de onde ela tinha comprado, e foi dito que mesmo com seu plano de seguro Asurion, ela teria que pagar uma franquia de US $ 200.

Lamb disse ainda que ela estava em contato com a Samsung, mas percebeu que a fabricante não estava levando o assunto a sério. Samsung fez uma declaração onde diz que a empresa precisa examinar fisicamente o dispositivo em questão para que então, possa determinar o que aconteceu.

“A Samsung está por trás da qualidade e segurança dos mais de 10 milhões de telefones da linha Galaxy S7 nos EUA. Estamos trabalhando com a Sra. Lamb para recuperar o dispositivo e entender o que aconteceu.” – Samsung

Essa não é a primeira nem a segunda vez que produtos da Samsung simplesmente explodem e nem vou citar aqui o caso do Galaxy Note 7 porque já escrachamos demais esse assunto.

Via: WTKR, Phone Arena

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.