Depois de problema de entortamento, iPhones 6 e 6 Plus sofrem com “doença do touch”

Os últimos dias foram marcados por vários relatos sobre um fenômeno que está ocorrendo especificamente com donos de iPhone 6 e 6 Plus. Em muitos casos, a tela começa a perder a sensibilidade ao toque, apresentando uma faixa branca na área superior da tela. Mas pelo visto, esse problema vai muito além do que uma simples paralisação de touch.

De acordo com o site iFixIt, responsável pela averiguações de iPhones defeituosos, o problema consiste em uma notória perda de sensibilidade ao toque, em sua maioria na área superior. Ao que parece o problema se inicia como algo temporário, mas que vai se intensificando com o passar do tempo. Há alguns casos em que até mesmo uma faixa branca é exibida no canto superior da tela (imagem acima).

Qual a causa?

Esse é um problema antigo que vem desde aquele problema de entortamento especificamente dos modelos iPhone 6 e 6 Plus. Pois com o uso diário, colocando e tirando do bolso, ou até mesmo qualquer peso acidental que é colocado sob ele, poderá ocasionar em micro-curvaturas suficientes para fazer uma solda interna se desprender de seu lugar.

Portanto, para o iFixIt, este é um problema especifico na construção dos modelos em questão. Isso porque a solda que conecta a tela a dois importantes processadores da placa-mãe estaria em uma posição irregular que se rompe com tempo de uso.

A iFixIt está chamando o problema de “Touch disease” (doença do touch). Já o modelo lançado no ano passado, o iPhone 6S/6S Plus, não sofre do mesmo problema por duas razões:

  1. Porque a liga de alumínio é mais resistente e eliminou o problema da facilidade de entortar o aparelho.
  2. Porque a Apple mudou a posição dos processadores envolvidos.

Como sabemos, todo o hardware é sujeito à falhas e defeitos pontuais, até porque se todo humano é falho, logo, tudo criado por ele poderá falhar. Mas tenha em mente que isso não significa que se um iPhone 5c ou um 4S apresentar problema semelhante, seja exatamente o mesmo caso, pois há casos em que o dispositivo sofre uma queda, e é aí que o descuido pode acarretar outros fatores.

A Apple por sua vez, não se pronunciou ainda sobre o assunto e não há nenhum número ou porcentagem de casos, o que sabemos apenas é que, com base nas análise da iFixIt, já foram centenas de casos semelhantes. De qualquer forma, é triste saber que um dispositivo tão caro como este (principalmente para os brasileiros) apresente problemas assim e justamente depois do tempo de garantia.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.