Em evento próprio, Xiaomi anuncia Mi 5c equipado com seu primeiro chipset próprio

Já tendo estabelecido o seu lugar como uma das maiores fabricantes no mundo, a Xiaomi dispensa o MWC para fazer o seu próprio grande evento. Realizado no National Convention Center em Beijing, o evento da chinesa nos trouxe o  anúncio de duas grandes novidades: O Xiaomi Mi 5c e o processador Surge S1, que equipará o dispositivo.

Completando a família Mi 5, o 5C surge como a variante mais econômica, mas ainda assim bastante poderosa. Com uma tela poderosa de 5.15 polegadas em resolução Full HD, são mais de 550 nits, energizados por 2860 mAh. Por dentro são 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno, câmeras de 12 e 8 megapixels, rodando o novíssimo Android Nougat 7.1 – que deixa claro o suportado pelo novo chipset Surge S1.

[gallery columns="1" size="large" link="file" ids="47743"]

Este por sua vez, conta com oito núcleos Cortex A53, sendo metade a 2.2 GHz e a outra metade 1.4 GHz. Além disso, o modelo produzido em 28 nm HPC traz um baixíssimo consumo de energia, sendo um dos seus maiores focos. O poder gráfico fica com a GPU Mali-T860, que concorre com a Adreno 430, garantindo performance de alta qualidade. Além disso, a chinesa ainda garante suporte a VoLTE.

Tudo indica que este é apenas o primeiro passo da chinesa em direção a fabricação de uma linha completa de Chipsets próprios, o que pode resultar em um processador de desempenho de ponta ainda este ano, em um próximo grande anúncio.

Fonte.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.