Esse cara merece um Oscar: como nosso seguidor recuperou seu Xiaomi furtado depois de três meses?

O portal Meu-smartphone costuma sempre escrever matérias incomuns sobre acontecimentos com nossos seguidores e inscritos do canal no Youtube. Portanto, hoje descreveremos toda a história de como o nosso seguidor Joade Lemo recuperou seu Xiaomi após três meses de ter sido furtado dentro de seu carro.

Início da história

No dia 16/02/2021 estacionei o carro numa drogaria, como estava chovendo muito deixei o celular no carro, a pessoa usou Chapolin pra não travar o carro, entrou e levou meus pertences.

Na gravação das câmeras do local da para ver que a pessoa ficou menos de 10 segundos no carro, foi bem “profissional”. Nos três dias seguintes ao tentar rastrear o celular pela MiCloud, percebi que o celular estava ligando sempre de madrugada, fui até uma delegacia e disseram que não poderiam fazer nada e que deveria esperar o lockdown passar.

Investigação por contra própria

Fui por conta própria na localização onde informava estar o celular, meu irmão que estava comigo (é mais velho e eu sou baixinho e magro, não ponho moral em ninguém) fingiu ser policial e que estava fazendo uma investigação, uma pessoa ficou muito nervosa e com atitudes suspeitas, mas não entramos no apartamento e fomos ficar observado do lado de fora, essa pessoa suspeita trocou de roupa e saiu com capuz na cabeça, seguimos ela mas a perdemos, depois desse dia o celular não ligou mais por 3 meses. 

Três meses depois o celular ligou e eu rastreei pelo micloud, bloqueei e coloquei um aviso de “pago pra devolver o celular” e deixei o número pra contato. Em seguida me ligaram falando que tinham comprado esse celular na OLX e que não sabiam que era roubado, porém tinham pago 900 reais e não queriam sair no prejuízo, dando a entender que eu deveria pagar pra receber de volta. Isso aconteceu numa segunda. Conversei todos os dias até a quinta feira da mesma semana com a pessoa e ela sempre me enrolando, dizendo que ia primeiro atrás da pessoa que havia vendido.

Esperteza

Na sexta da mesma semana me estressei, simulei o envio de um pix para o número que estava falando comigo e peguei nome completo e cpf, a partir disso consegui endereço, nome dos pais e outras informações importantes, então falei pra pessoa: ou tu me devolve ou te processo por apropriação indébita, chantagem para devolver o celular, crime cibernético, receptação culposa etc. Ela achou que ela blefe e que eu não tinha dado nenhum, então apresentei tudo que tinha de dados, e foi ai que o jogo virou. 

A pessoa que estava com o celular ficou nervosa, me ligando toda hora, tentando negociar, parentes da pessoa me ligaram para conversar e tentar negociar falando que a pessoa não era de má índole, mas sempre querendo que eu pagasse algo, então eu disse para quebrarem o celular pois eu já tinha perdido o celular em fevereiro e se eu recuperasse ou não daria no mesmo, que o bem pra mim não era importante mas no lugar dela eu cuidaria do meu nome, pois eu tinha todos os dados dela e na segunda iria comunicar a policia e meus advogados. Falei que estava sendo orientado desde o início.

O sucesso

Na ligação com os parentes da pessoa, eu determinei um prazo para receber o celular ou iria mudar minhas atitudes em tentar resolver pacificamente, então a pessoa me ligou aceitando devolver o celular e eu dei o “dinheiro da gasolina” para vir trazer pra mim. Claro que não fui besta em me encontrar com um desconhecido, nunca se sabe quem está do outro lado.

Marcamos em local público e tinha duas viaturas da policia de olho na gente e 4 policiais de bicicleta distantes de olho em mim. O delegado disse que o correto seria prender ambos pois aquilo era crime, e que não poderiam me abster de cumprir a lei. Conversamos e pedi que não os prendessem pois estavam me devolvendo o celular e eu acreditava também serem vítimas. Peguei o celular e aqui estou com ele, FELIZ hahaha.

Observações

Quem vendeu o celular para esta pessoa vendeu desbloqueado, conseguiram burlar a MiCloud, o celular estava funcionando normalmente, instalando aplicativos, fazendo ligação e tudo mais, não sei como foi possível usar o celular vinculado à minha conta, o bloqueio so foi realizado quando eu bloqueei pela MiCloud, sendo que este processo já havia sido feito anteriormente. 

O celular foi bloqueado no IMEI pela operadora, e no site da ANATEL constava como bloqueado por roubo, mas estava lendo chip normalmente, fazendo e recebendo ligação, conectando no WIFI e tudo mais, também não sei como isso é possível. 

Nos primeiros dias após o assalto eu deixava a tela da localização do MiCloud aberto diariamente 24h, no último mês eu abria semanalmente ou quando lembrava pois já tinha perdido as esperanças. No local do assalto tinha câmeras, que me forneceram, porém não dá para identificar a pessoa, a polícia disse que o rastreador não era prova suficiente para irem atrás. 

Sei que não devemos deixar objetos de valor no carro, porém foi um descuido + chuva + achar que nunca iria acontecer com a gente. Sei que não devemos confrontar o bandido sozinho, mas na hora do desespero a gente segura na mão de Deus e vai.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.