Este produto da Xiaomi foi perdido no lago e encontrado após quase 3 dias ainda funcionando

A Xiaomi Mi Band 4 é um daqueles produtos que, quem escolhe comprar, não se arrepende nem um pouco. Grande parte disso é justificado pelo fato de ser um dispositivo barato, resistente, versátil e com diferenciais importantes para a categoria.

Por saber disso, um seguidor nosso, o Cleber Vilki, fez a aquisição de uma e, um mês após compra-la, acabou perdendo dentro de um açude. Só que ele não queria “engolir” essa e fez de tudo para recuperá-la de alguma forma.

A história

Ele estava no sítio do sogro dele nadando com alguns amigos e a namorada quando perdeu o produto de maneira inesperada. Ele nem percebeu quando sua pulseira havia saído do seu pulso.

O local tem, aproximadamente, 2 metros de profundidade e, como já era de se esperar, acaba sendo propício para perda de acessórios tão pequenos como este, principalmente pulseiras como a Mi Band.

Ao perceber que havia perdido, Cleber iniciou uma busca tátil, onde ia pisando no fundo do açude para ver se sentia a Xiaomi Mi Band 4 sob seus pés. Porém, locais com muita lama no fundo, como é o caso de um açude, acabam dificultando o resgate desse tipo de equipamento.

Sabendo que neste açude específico tinha uma bomba manual que permitia encher ou esvaziar, ele pediu ao dono do local para que reduzisse o nível da água a fim de facilitar a busca.

Devido o tamanho, a drenagem completa da água demora, em média, 3 dias para ser finalizada. Uma desvantagem desse processo é o fato do açude também servir de fonte para enviar água aos animais do sítio, então não seriam justo deixar os bichos com sede por causa de uma pulseira.

Como encontrou?

Quase 3 dias depois, em uma última tentativa de resgate, a namorada de Cleber foi até o açude e fez uma varredura. Para surpresa dela, acabou encontrando a Xiaomi Mi Band 4, em um local que estava a 2 metros da margem, bem distante da área que eles estavam cobrindo durante as buscas.

Além de ter encontrado a pulseira, o mais impressionante foi o fato dela estar funcionando corretamente, bastando apenas limpá-la para voltar a usar normalmente.

Esta notícia inusitada mostra o quanto a Mi Band é resistente a certos tipos de profundidade, mesmo que não esteja especificado pela Xiaomi no manual, pois este é um diferencial pouco usado pela maioria do público.

E você, já passou por algo semelhante? Compartilhe a sua história nos comentários!

Vídeo completo contando a história

Sobre Jucyber

Só uma garota apaixonada por tecnologia, mundo nerd, ficção científica e carros. CEO e criadora de conteúdo do TECNOAGE, Redatora no TudoCelular e freela aqui no Meu Smartphone quando solicitada.