Fim do e-Sedex: crise nos correios causará o encerramento do serviço de frete para compras online

sedex

A crise econômica do nosso país é um assunto polêmico e até desacredito, ainda que diversas empresas e setores continuem a indicar continuamente os efeitos da situação sobre o mercado. Se você faz parte do grupo que acredita que a crise não é real, lá vai uma surpresa: apos um prejuízo de R$ 2,1 bilhões no ano passado, os Correios estarão encerrando o e-Sedex no inicio do próximo ano.

O e-Sedex é um velho conhecido de quem faz compras online, usado exclusivamente para compras virtuais, o serviço grande confiabilidade e agilidade na entrega, ao mesmo passo que trazia um preço similar ao de uma entrega comum. Mesmo que a empresa tenha um monopólio do mercado de entregas, a empresa tem sofrido negativamente os efeitos da má administração dos nossos regentes, sendo forçada a por fim em um dos seus serviços mais utilizados.

correios-e-sedex

A solução apresentada pelo presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, está no uso do PAC, serviço de encomenda da linha econômica para o envio exclusivo de mercadoria, sendo a opção mais próxima, ainda que dependa de um prazo maior para a entrega.

Para fugir do consequente aumento dos preços nas compras virtuais, é recomendado que os consumidores procurem fazer suas compras até o Natal deste ano, uma vez que o e-Sedex deverá manter-se funcional até o dia 01 de janeiro de 2017.

Via.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.