Frete abusivo dos correios afetará diretamente aos consumidores

O que mais vemos atualmente, são críticas referentes ao serviço prestado pelos correios. Além do tempo de entrega e a falta de feedback sobre as mercadorias, o que dói no bolso são as altas taxas cobradas pela a empresa e, infelizmente, “nada é tão ruim que não possa piorar”.

Os correios estão preparando uma novidade para o dia 6 de março que ninguém gostaria, e a surpresa é um aumento de até 51% nos fretes, o que afetará diretamente o setor de comércio elétrico, como o consumidor virtual e principalmente os micro empresários que fornecem os produtos pela internet.

É interessante observarmos o ”Porquê” desse aumento tão expansivo quando comparado ao aumento dos anos anteriores, levando em consideração que a inflação do último ano foi em torno de 3%, e agora obtendo um aumento de até dezessete vezes maior. Com essa aplicação, o Brasil passa a ser 42% mais caro do que a Argentina, 160% mais caro do que o México e 282% mais caro do que o da Colômbia, isto considerando um dos países que mais operam através do comércio eletrônico.

Vamos observar na tabela exemplos desses reajustes para mercadorias enviadas através do PAC:

Reajustes para o serviço SEDEX:

De uma forma geral, levando em consideração o aumento de 52% quando comparado ao valor da inflação, esse reajuste resultará em um aumento de 29% no custo final do frete.

Quais serão os impactos para o consumidor? 

  • Comprar ficará mais caro: o valor do frete afetará o total da compra, quanto maior o frete, maior o custo;
  • Consumidores fora dos grandes centros pagarão ainda mais: os fretes interestaduais terão o maior aumento, afetando, principalmente, a vida de consumidores que usam o comércio eletrônico como alternativa à falta de opções do varejo local;
  • Quem mora em cidades classificadas como áreas de risco pagará mais caro: compradores dessas localidades poderão ter as tarifas extras de envios somadas ao valor de suas compras.

Venhamos a refletir sobre tantas mudanças em pleno contexto drástico que o Correio vem proporcionando, aumento de taxas em serviços que a cada dia está mais degradante! Isso nos retoma a extinção do e-Sedex, um serviço ágil, com preço acessível e entrega rápida.

Até parece que o que de fato se apresenta bom está sendo extinto, e o que não é considerado relevante ao benefício dos consumidores está tendo uma maior concentração!

E você, o que pensa sobre essas mudanças dos Correios? Deseja contestar? Se você considera abusivo deixe nos comentários ”#FreteAbusivoNão”, e entre para o grupo dos revoltados com a falta de qualidade e degradação dos correios!

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.