Galaxy S8 e S8 + são oficializados com poderosas configurações e displays ocupando 84% da área frontal

Finalmente ele está entre nós. O aparelho com mais vazamentos de todos os tempos finalmente foi apresentado pela Samsung durante um evento especialmente voltado para a sua tão aguardada revelação. Realizado hoje (29) em Nova York, o Unpacked 2017 demonstrou ao mundo os poucos detalhes que faltávamos conhecer sobre o novo grande flagship da companhia sul-coreana, que traz a responsabilidade de guiar e manter a marca no topo do mercado para afastar de uma vez o fantasma do explosivo Note 7.

Construção e Tela

Não tinha como a empresa nos surpreender muito com este quesito. Ainda assim, vale a pena destacar o belíssimo trabalho de engenharia feito no novo topo de linha, que sem dúvidas já é uma referência em design e inovação. Mantendo o corpo elegante em alumínio e vidro, os Galaxy S8 e S8 Plus mantém a sobriedade e as laterias curvadas do seu antecessor, mas inovam no seus impactantes painéis frontais, com surpreendentes displays de tamanho aumentado. Ainda assim, as dimensões não sofreram grandes alterações aos modelos do ano passado, graças as mínimas bordas laterais e superiores que as novidades apresentam.

Outro detalhe que chama a atenção é a remoção do botão físico característico dos dispositivos da empresa, uma vez que o leitor de digitais assumiu uma curiosa posição ao lado da câmera na parte traseira, deixando a parte da frente exclusivamente para a tela. Vale notar também a adição do botão dedicado para a Bixby, sua nova assistente virtual.

Os astros da cena certamente são os displays AMOLED de 6.2″ para a versão maior e 5,8″ para o menor, que tomam cerca de 84% da área frontal em aspecto 18.5:9 ratio, munidos da proteção Cornign Gorilla Glass 5. A resolução não poderia ser menor: QUAD HD+ (1,440 x 2,960px)Para completar o pacote, a tela traz sensores de pressão para interação avançada com os novos botões virtuais.

Hardware

O Galaxy S8 rodará o Android Nougat sobre o processador Snapdragon 835 (GPU Adreno 540) aliado a 4 GB de RAM. Ainda que pareça estranho a empresa manter a RAM sem atualizações, o foco aqui fica para a estreia do primeiro dispositivo com o novo processador da Qualcomm, que garante uma grande vantagem sobre o poder de fogo dos tops de linha.

Ainda existem variantes com uma nova edição do processador Exynos 8895 (GPU Mali-G71 GPU), que serão vendidas apenas em alguns mercados seletos ainda não confirmados pela Samsung. Além disso, foram garantidos 64GB (expansíveis por SD), e baterias de 3000 e 3500 mAH com carregamento rápido e sem fio suportados.

Câmeras

Falando de câmeras, a sul coreana seguirá a “tendencia Apple” ao manter os 12 megapixels na traseira, ao passo que a câmera frontal salta para os 8 megapixels, ambas com abertura de f/1.7. Mas não é só isso, já que a câmera principal suporta o HDR10 e é capaz de fazer uso do Ultra Dynamic Range, enquanto a frontal traz uma tecnologia semelhante a leitura de iris e reconhecimento facial do Galaxy Note 7.

Falando do phablet, o conjunto parece ser uma atualização do que foi apresentado por ele, porém refinado com algumas tecnologias de processamento de imagem avançados (assim como os Google Pixels).

Bixby

Ao fim de concorrer com as gigantes Cortana, Siri e Google Assistant, a Samsung apresenta a sua nova assistente virtual, que terá papel fundamental junto aos novos Galaxys. Mesmo que possua um botão dedicado para a sua ativação, a Bixby estará sempre ativa durante a sua navegação, reconhecendo as ações na tela e pronta para desempenhar qualquer atividade baseada no contexto apresentado.

Entre os seus diferenciais vemos a capacidade de entender contextos e manter uma interação continua e inteligente com o usuário, desempenhar ações automáticas e utilizar os recursos dos dispositivos para interagir e entregar informações com relação ao ambiente, como reconhecer uma marca e realizar uma busca através de uma imagem capturada pela câmera.

Samsung DeX Station

Já pensou em ter o Continuum (ou quase isso) com um dispositivo Android? é isto que este novo acessório da Samsung pretende proporcionar aos seus usuários. Trata-se de uma pequena dock onde você encaixará o seu Galaxy S8 e irá experimentar uma experiência Android adaptada para um conceito desktop através de um monitor, teclado e mouse.

Será possível abrir várias janelas diferentes, redimensionar janelas, e até mesmo editar imagens em RAW, graças a parceria com a Adobe. A dock traz uma porta HDMI, duas portas USB 2.0 e uma USB-C para carregamento, além de possibilitar o uso do leitor biométrico do aparelho para proteger o acesso.

[gallery columns="2" link="file" size="large" ids="48914,48912"]

Especificações Completadas

  • Tela Super AMOLED de 5,8 e 6,2 polegadas
  • Resolução Quad HD+ (2960 x 1440 pixels)
  • Chipset Samsung Exynos 8895 ou Qualcomm Snapdragon 835 Octa-core (4×2.45 GHz Kryo e 4×1.9 GHz Kryo)
  • GPU Adreno 540
  • 4 GB de RAM
  • 64 GB de memória com suporte ao cartão microSD externo
  • Câmera principal de 12 megapixels com tecnologia Dual Pixel e abertura de f/1.7
  • Câmera frontal de 8 megapixels e abertura de f/1.7
  • Resistência à água e poeira certificada pelo código IP68 (submerso a mais de 1 metro e meio por até 30 minutos)
  • Scanner de íris e impressão digital
  • USB tipo-C
  • Segurança feita pelo Samsung Knox
  • Samsung Pay
  • Carregamento sem fio (dock de carregamento é requerido, vendido separadamente)
  • Fones de ouvido feitos pela AKG
  • (S8) Bateria de 3.000mAh (S8 +) Bateria de 3.500mAh
  • Android 7.1.1 Nougat
  • 155g contra 173 g do S8 +

Preço e Disponibilidade

Os aparelhos serão lançados nas cores Midnight Black (preto), Orchid Gray (cinza), Arctic Silver (prata), Coral Blue (azul) e Maple Gold (dourado) e custarão €809 (S8) e €909 (S8+). O pacote incluí um par de headphones AKG munidos de dual drivers e caso você efetue a compra na pré-venda iniciada no dia 21 de abril, você ainda levará um Gear VR com um Motion Controller para casa.

Via.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.