Google disponibiliza o Android O oficialmente através do seu primeiro beta público

Em um vagaroso processo, observamos as versões mais atuais do Android ganharem espaço, jogando as mais antigas para o poço do esquecimento. Dando seguimento a este processo, o Android O começa a ganhar forma através dos programas de desenvolvimento da Google, ainda que o Android Nougat não permaneça longe de alcançar grande parte dos modelos atualmente comercializados. A gigante das buscas acaba de liberar o download da primeira versão previa do Android O.

Para efetuar o download é preciso selecionar o modelo desejado através da página dedicada no site da Google, necessitando de uma instalação manual por parte do usuário. Os modelos suportados até então são o Nexus 5X, Nexus 6P, Google Pixel, Google Pixel XL, Nexus Player e Google Pixel C.

Estando em estágios preliminares de desenvolvimento, o Android O disponibiliza poucas novidades exploráveis ao usuário comum, contendo um pacote de possibilidades voltadas para a exploração por parte dos desenvolvedores de aplicações para o sistema. As principais adições oferecem possibilidades para a adaptação ou criação de apps com os novos recursos, que incluem alterações no limites do que cada app pode fazer em segundo plano e a chegada dos canais de notificações para agrupar os alertas em categorias definidas pelos conteúdos. Além disto é possível encontrar:

  • API’s para o preenchimento automático de senhas e outras informações
  • Picture-In-Picture (PiP) em smartphones e novas funções para apps em modo janela
  • Recursos de fontes em XML
  • Ícones adaptativos
[gallery columns="4" size="medium" link="file" ids="49311,49310,49309,49308"]
  • Ampliação na variedade de cores disponível para que os apps possam adaptar-se às telas modernas
  • Melhoria da conectividade em codecs Bluetooth, Wi-Fi e NAN
  • Introdução da navegação por meio do teclado, incluindo setas e a tecla tab
  • API AAudio para uma reprodução de som em alta fidelidade
  • Melhorias para ao WebView
  • Otimização do desempenho na execução da API do Java 8
  • Plataforma de contribuição de parceiros, que permitira parceiros como Sony, Samsung, LG, Motorola e outras marcas à contribuir com o desenvolvimento da nova versão do Android

É importante destacar que não é recomendado a instalação do sistema por parte de usuários inexperientes, uma vez que o delicado processo poderá trazer problemas e até a inutilização do seu smartphone, assim como bugs indesejados para o uso do dispositivo no dia-a-dia. O Android O será abordado através do anual evento Google I/O, que será realizado no dia 17 de maio.

Fonte.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.