Google iniciando uma faxina para remover aplicativos indesejados da Play Store?

Assim como a Microsoft já vinha fazendo uma “limpa” em sua loja de aplicativos, a Google parece estar levando essa questão mais a sério também. De acordo com um novo relatório, o Google estaria enviando à diversos desenvolvedores um e-mail afirmando que seus aplicativos estão violando a política de dados de usuário em relação à informações pessoais e confidenciais.

Com base no que está escrito no documento, quando um aplicativo solicita ou recebe informações pessoais de um dispositivo, o desenvolvedor deve fornecer uma “política de privacidade válida”, mas muitos não vem se enquadrando nessa política.

Os criadores que receberam o e-mail, têm até 15 de março para fornecer um link de política de privacidade válida na página do aplicativo. Ou se preferirem, eles podem atualizar o aplicativo em questão para que não solicite permissões confidenciais, como câmera, microfone, contatos, contas, etc. Os desenvolvedores que não fornecerem esse link requisitado, correm o risco de ter a visibilidade de seus aplicativos reduzida ou até mesmo serem removidos da Play Store.

A “limpeza” do Google no Android será muito bem-vinda, afinal, ajudará a empresa a remover aplicativos indesejados de sua loja, fazendo com que os usuários encontrem mais facilidade no que realmente buscam”, disse Jack Cooney, desenvolvedor, Hip Hop Ninja!”.

Até o final do ano passado, acreditava-se que havia 2,6 milhões de aplicativos na Play Store. Vamos aguardar para vermos quantos vão ficar após essa “faxina” na loja.

FonteVia

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.