Governo zera tarifa de importação para máquinas e outros produtos que não possuem fabricação nacional

Com a finalidade de aquecer o desenvolvimento industrial do Brasil, a Secretaria de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia anunciou que a partir de agora as tarifas de importação de vários bens de capital, de informática e comunicação serão zeradas.

A medida busca incentivar a importação de máquinas que não possui fabricação nacional para o setor industrial, que antes eram taxados com alíquotas de 12% a 14%. Com isso, o Brasil pode passar a oferecer bens finais mais baratos ao consumidor.

Vale destacar, que a medida não abrange dispositivos celulares, notebooks ou drones, mas sim os equipamentos que podem fabricá-los nacionalmente. No Diário Oficial são citadas diversas máquinas industrias, como para montar porta de carro, impressoras 3D, microscópios digitais etc.

Apesar disso, para conseguir a alíquota zero, os equipamentos não podem ter produção nacional equivalente. Por isso, o governo também busca tornar essa regra mais flexível, uma nova portaria pode permitir essa importação caso as máquinas nacionais não possuam o mesmo preço ou produtividade oferecidos por fornecedores estrangeiros.

Fonte

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.