Grande atualização para celulares Xiaomi é apelidada de MIUI 12.5 e traz estas mudanças

A Xiaomi aproveitou a disponibilidade global do novo MI 11 para oficializar também a nova versão do seu sistema apelidado de MIUI 12.5, que a propósito, vem embarcado no aparelho em questão.

A princípio, estes serão os primeiros dispositivos a receber a MIUI 12.5 globalmente em abril ou maio: Mi 11, Mi 10T , Mi 10T Pro , Mi 10 e Mi 10 Pro . A partir de junho, os seguintes aparelhos serão incluídos: Mi 10 Lite 5G , Mi 10T Lite , Mi Note 10 Pro , Mi Note 10 , Mi Note 10 Lite , Redmi Note 9T , Redmi Note 9 Pro , Redmi Note 9S , Redmi Note 9 , Redmi Note 8 Pro e Redmi 9 .

O que muda?

Ao que parece, a nova atualização não traz mudanças visuais, mas foca exclusivamente em melhorar o desempenho e economizar mais energia. Vejamos:

A reformulação na nova versão traz uma grande redução no uso da CPU que chega em até 22% , enquanto o consumo de energia foi reduzido em até 15%. Isso permite desempenho e gráficos “sem atrito”. Isso será visível em gestos na tela que devem ser mais suaves. Os gestos na tela terá seu próprio thread dedicado, garantindo que nenhuma outra tarefa seja compartilhada com eles, garantindo uma resposta instantânea.

O sistema liberou também a possibilidade do usuários desinstalar mais apps nativos que eles não utilizam, mantendo apenas os de extrema necessidade que são aqueles que executam as principais funções de um celular.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.