H1 Smartband da Meizu chegará ao mercado no dia 6 de dezembro

h1-smartband-capa

O mercado de acessórios vestíveis se mostrou bastante promissor nos seus primórdios, mas infelizmente não conseguiu manter a sua impressão. Assim como os tablets, Smartwatches chegaram como peças inovadoras para a industria que acabaram por perder fôlego frente a sua incapacidade de substituir certas funções dos amplamente distribuídos smartphones, colocando a sua utilidade a julgamento.

O grande problema desses acessórios era claro, a dependência com o seu celular e o tempo de bateria vergonhoso. Não é bem o caso das SmartBands, que através de uma ideia um pouco menos pretensiosa, trouxeram o complemento necessário que faltava, agindo mais de forma autônoma e sem te obrigar a carregar mais um dispositivo a cada vez que o dia se encerra.

E é através da recente acensão deste pequeno segmento que a Meizu estará trazendo uma nova Smartband para o mercado no dia 6 de dezembro, junto com o já confirmado m5 Note. O acessório que atualmente conta com o nome “H1 SmartBand” já teve algumas fotos vazadas que dá primeiras impressões sobre o modelo:

meizu-h1

Assim como os outros modelos desta categoria, é possível notar uma veia mais fitness no modelo no momento em que notamos os sensores de batimentos cardíacos e contador de passos, porém assim como a Xiaomi Mi Band 2, é embarcada uma tela na sua parte frontal, fazendo com que o acessório traga funções de relógio, assim como notificações e diversas outras funções que irão depender do software e da criatividade da chinesa.

Este aparelho que utilizará carregador de contato para ser energizado também deverá contar com uma bateria de longa duração, pois segundo a Meizu esse é o grande diferencial do aparelho. Vale lembrar que as smartbands atuais tem carga para 10 a 30 dias.

O preço para a H1 Smartband é o que talvez mais nos interesse: aproximadamente U$ 33 (convertido dos oficiais RMB 229). Isso a coloca em um belo patamar para importação no nosso país, assim como os modelos da já citada Xiaomi.

Fonte.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.