HarmonyOS: Huawei oficializa o seu sistema operacional como opção ao Android e iOS

A Huawei acaba de oficializar o seu sistema operacional próprio de que vinhamos falando tanto depois que a empresa foi barrada pelo governo americano. Contudo, o HarmonyOS é o nome dado pela empresa para o seu SO que foi apresentado durante a conferência anual Huawei Developers, em Dongguan, China. 

De acordo com o CEO Richard Yu, que liderou a palestra, o novo sistema operacional está em desenvolvimento desde 2017 e o primeiro produto em funcionamento será revelado ainda hoje pela submarca Honor.

O objetivo da Huawei com o novo sistema operacional é fornecer uma plataforma de código aberto capaz de rodar em uma ampla gama de dispositivos, desde smartphones até smart wearables, TVs, tablets, laptops e até carros, ou seja, algo próximo ao que o Android já faz.

O HarmonyOS é um sistema operacional baseado em microkernel, o que significa que ele usará menos recursos para garantir mais eficiência e rapidez durante a usabilidade. É de código aberto e vem com um TEE (Trusted Execution Environment) para melhorar a segurança em todos os dispositivos. O compilador pode suportar todas as principais linguagens de programação: C /, C ++, Java, JavaScript e Kotlin.

Dessa forma, o sistema para ter cacife para substituir o Android futuramente, mas, por enquanto, o software do Google continuará rodando em seus smartphones para o bem dos usuários.

Entretanto, a tendência é que o sistema comece a receber suporte dos principais aplicativos já conhecidos. Concluindo, o objetivo do HarmonyOS é assumir o Android e se tornar um “sistema operacional global” no futuro. 

A Huawei fornecerá kits de desenvolvimento para os que os desenvolvedores iniciem imediatamente o desenvolvimento de aplicativos compatíveis e acelerar o processo de integração.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.