Microsoft firma parceria com o Real Madrid: O que muda para o torcedor, clube e para a patrocinador?

Microsoft-Negotiations-with-Real-Madrid

A Microsoft e o Real Madrid C.F. estão trabalhando juntos para revolucionar o clube e a experiência de futebol, através da tecnologia. Essa releção mudará a forma como as pessoas se envolveram com o jogo, permitindo que os fãs de terem uma conversa bidirecional exclusiva com a equipe.

A plataforma digital (Microsoft Cloud), construída na Microsoft Azure, dará a adeptos do Real Madrid acesso a conteúdos e serviços digitais exclusivos no estádio, em casa ou na rua. O app, disponível ainda este mês para IOS, Android e Windows, vai fornecer acesso a essas experiências em celulares, tablets e dispositivos wearable, ao conectar os torcedores do Real Madrid ao campo virtual, antes, durante e depois do jogo.

Segunda-feira, Jose Angel Sanchez, CEO do clube e CEO da Microsoft Satya Nadella subiram ao palco juntos no Ignite, evento de estréia de tecnologia da Microsoft, para discutir esta parceria emocionante.
Sanchez criou uma nova cultura de negócios para o clube em seus 15 anos como CEO. Ele vê a transformação digital da equipe como o próximo passo para abraçar os fãs do futuro.

“O novo campo é o mundo”, disse ele. “E a Microsoft Cloud está nos dando a oportunidade de construir essa estrutura virtual.”
Nosso objetivo é conhecer as 450 milhões de pessoas que são adeptos do Real Madrid, e entender quem eles são e dar-lhes o que eles querem. Eles querem o conteúdo, o melhor conteúdo exclusivo. Se eles querem emoções, nós queremos trazê-los de emoções. E nós só queremos fazer o clube disponível e perto deles, concluiu Sanchez.

O clube tem aproximadamente 450 milhões de adeptos em todo o mundo. Desses 450 milhões, mais de 120 milhões estão conectados através do ecossistema digital, seguindo o Real Madird nas redes sociais, ou no site oficial da equipe, mas apenas 3% deles estão na Espanha. Isso dá uma idéia de como o público dos Merengues é internacional. Por exemplo, o Real tem mais fãs na Indonésia ou nos Estados Unidos do que na própria Espanha.

realmadrid-microsoft

Como a Microsoft sai ganhando com isso?

As empresas investem em clubes de futebol para lotar uniformes com logotipos e aparecer na TV aberta, ainda que sem nenhuma garantia de que o telespectador viu ou criou algum vínculo com a marca. No Real, a Microsoft vai conseguir visibilidade ao fornecer seus produtos (Tablets, smartphones etc…) para a comissão técnica, isso é o canal direto que ela abre com o torcedor que muda o jogo.

Considere que quase todo sujeito que fuçar no banco de dados do Real Madrid vai ver, reconhecer e lembrar da marca da Microsoft. Isso, no marketing, chama-se awareness. Trata da percepção que um consumidor tem de uma marca.

E agora vem a melhor parte desta história, com isso pode haver retorno financeiro para a Microsoft. Só de usar o banco de dados do Real Madrid o torcedor já entra para uma base de registros da companhia e passa a ser um cliente em potencial.

Então aí está, mais uma parceria firmada pela gigante do software que pode se espelhar no crescimento e popularidade do seu ecossistema!

Obrigado Paulo Alexandre pela dica!

Fonte: Microsoft Via: GloboEsporte

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.