Microsoft registra mais uma tentativa de tornar real um smartphone-tablet dobrável

Se há alguns meses atrás a chegada de um Surface Phone parecia uma certeza, hoje o tópico dificilmente vem a tona, mesmo como uma dúvida, visto que a companhia tem tentado ao máximo esquivar-se dos temas que relacionam ao seu próprio sistema móvel. Sabemos apenas que o Windows Phone continuará sendo “suportado” e que a gigante de Redmond não lançará “mais um dispositivo como os que temos no mercado”.

Uma vez que nada oficial foi confirmado sobre o suposto modelo, o que temos é um acumulo de patentes que surgiram nos últimos tempos, que podem indicar (ou não) qual o tipo de diferenciação que a Microsoft está buscando para o seu próximo aparelho. A mais nova dela reforça a ideia de que o suposto gadget não está sendo idealizado como apenas um smartphone, mas também um tablet, assim como os outros híbridos da linha surface.

[gallery columns="2" size="medium" link="file" ids="51385,51384"]

O conceito que tem sido revisado entre as patentes mostra uma possível sucessão de tentativas para tornar um “smartphone-tablet dobrável” viável, o que além de adequar a proposta da linha, traria a possibilidade de criar o tão sonhado computador de bolso, afinal, uma vez em formato tablet, ao conectar um teclado teríamos um Surface convencional.

Ao encontrar a forma mais interessante de aplicar estas ideias, pode ser que a companhia se encontre com “a faca e o queijo” para a apresentação do seu tão comentado “dispositivo móvel definitivo”. Ainda assim, devemos considerar que o aparelho será pensado para o mercado corporativo, o que deve indicar um menor foco na parte mobile (onde existem poucas aplicações e inovações) e maior destaque a capacidade de torna-lo um PC.

Via.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.