Muita pressa? Samsung testou sozinha as baterias do Galaxy Note 7

De acordo com The Wall Street Journal, a Samsung testou as baterias do já descontinuado Galaxy Note 7 , isso é, em um laboratório particular em vez de usar um local especifico com certificado como normalmente fazem outras fabricantes de smartphones.

galaxy-note-7-01

Para que um smartphone receba um certificado confiável de segurança, as fabricantes de smartphones precisam testar as baterias dos dispositivos em pelo menos um dos 28 laboratórios certificados pelo grupo de comércio da indústria. Mas de acordo com a fonte, a Samsung é a única fabricante que faz seus experimentos em um laboratório próprio para testar baterias e que ainda assim recebe a certificação da CTIA, diz a própria associação.

Procurada pela reportagem do WSJ, o porta-voz da Samsung destacou apenas que os testes feitos nos laboratórios internos da empresa não revelaram nenhum problema com o Galaxy Note 7 – tanto no modelo original quanto na versão do recall.

Enquanto algumas pessoas condenam o uso de um laboratório próprio para testes por criar um suposto conflito de interesses, outras apontam que isso é normal já que ajudaria as companhias a protegerem segredos.

Para quem não sabe, o Galaxy Note 7 teve sua venda e produção interrompidas há alguns dias depois de muitos problemas causados por um suposto superaquecimento das suas baterias. Mesmo após um recall gigante, as suas unidades de substituição continuaram apresentando os mesmos problemas dos modelos originais: superaquecendo, soltando fumaça e até pegando fogo.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.