Nokia 9: quatro motivos que mostram como o flagship irá desbancar a concorrência

Se há algum tempo isto parecia utopia, hoje já é realidade: a Nokia está de volta ao jogo. Mesmo que agora esteja adequada ao moldes da sua parceria com a HMD Global, a cada novidade podemos perceber que a essência da marca foi preservada e serve hoje como um dos principais pontos de diferenciação no mercado competitivo atual. Já foram apresentados três novos aparelhos e mais três ou quatro deverão aparecer em seguida a inicio da distribuição global no final de junho, conforme confirmado inúmeras vezes pela companhia.

Sabendo disto, uma das maiores expectativas para o próximo mês está sobre a possibilidade do lançamento da grande estrela do portfólio, o Nokia 9. Visto que diversas informações já surgiram pela internet afora, espera-se que a distribuição global seja embalada pela chegada daquele que pode ser um dos aparelhos mais interessantes do ano. Conheça os principais motivos para apostar no Nokia 9:

Design clássico e durabilidade

Ainda que não seja possível confirmar como será a aparência do novo flagship, diversos vazamentos alinham-se ao mostrar um design bastante similar aos mais populares modelos da linha Lumia produzidos pela finlandesa, o que pode cativar alguns usuários pela nostalgia. Pegando em específico a imagem divulgada pelo famoso leakster @evleaks, o aparelho pode ser trazer características semelhantes aos bem conceituados Lumias 900 e 920.

Outro ponto relevante resgatado pela marca é a durabilidade, já presente nos modelos lançados. Basta olhar para os testes do popular canal JerryRigEverything para notar que os Nokias altamente resistentes ainda são uma realidade. Sem pena alguma, o youtuber atingiu o aparelho com objetos cortantes, fogo e até mesmo tentou dobra-lo sem sucesso, mostrando a preocupação da HMD em trazer uma excelente construção.

 

 

Altíssimo poder de processamento

Sendo um aparelho datado para o segundo semestre, não haverão limitadores para o equipamento deste aparelho, como houve com topo de linha LG. O Nokia 9 chegará totalmente capacitado para destronar grandes modelos juntamente com o chipset Snapdragon 835 e pelo menos 4 GB de RAM. Segundo benchmarks vazados, o desempenho de ponta está garantido, e isso deve-se também ao software limpo que conhecemos nos smartphones já lançados.

Preço competitivo

Diferente da Nokia de anos atrás, a nova posição da companhia parece bem menos abusiva em questões monetárias. Isto provavelmente está ligado a necessidade de reconquistar o público, mas existe uma grande possibilidade de que um novo foco mais voltado para a estrategia chinesa seja levado em conta. De qualquer forma, o fato do Nokia 6 custar cerca de 100 euros a menos que o Galaxy A7 2017 pode indicar que o Nokia 9 venha com um preço um pouco mais amigável.

A marca Nokia

Sem dúvidas, a principal arma da Nokia é o seu próprio nome. Por um bom tempo um smartphone da finlandesa com o Android foi sonhado pelos adeptos do sistema da Google, fazendo do Nokia 9 uma realização de algo muito requisitado.

Vale lembrar que a marca deteve a primeira colocação entre as fabricantes do celulares no mundo por muito tempo, e um dos principais motivos apontados para a sua queda foi a demora para adoção do robozinho. Agora que isto é real, marcas como Samsung e Apple devem estar de olhos abertos para o que a Nokia poderá apresentar.

Você está ansioso para o Nokia 9? como acha que será a recepção do mercado a ampla comercialização dos novos smartphones da marca? deixe as suas opiniões nos comentários.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.