Nokia move ações judiciais contra a Apple por violação de patentes

Como sabemos, a saudosa Nokia pretende fazer a sua volta ao mercado de dispositivos móveis no ano que vem, já tendo até mesmo data marcada para apresentar um novo smartphone ao público. Mas é melhor tirar o cavalinho da chuva se você espera um dispositivo com Windows 10 Mobile, já que a fabricante finlandesa deixou claro que voltará ao mercado com o Android da Google. Contudo, parece que a finlandesa chegou “chutando a porta”, abrindo um processo contra ninguém menos que a Apple.

Hoje, 21 de dezembro, a companhia anunciou que está movendo ações judiciais contra a maçã na Corte Distrital dos EUA para o Distrito Leste do Texas, bem como os Tribunais Regionais em Dusseldorf, Mannheim e Munique, na Alemanha. Em todos os casos, a Nokia afirma que a Apple violou 32 de suas patentes, incluindo  interface do usuário, software, antena, chipsets e tecnologias de codificação de vídeo.

Infelizmente não temos mais informações sobre o caso, já que o comunicado de imprensa não deu muitos detalhes. Veja a seguir as palavras da Nokia diante desse assunto:

Através do nosso investimento sustentado na investigação e desenvolvimento, a Nokia criou ou contribuiu para muitas das tecnologias fundamentais usadas ​​em dispositivos móveis de hoje, incluindo os produtos da Apple. Depois de vários anos de negociações que tentam chegar a um acordo para cobrir o uso da Apple nessas patentes, estamos agora a tomar medidas para defender os nossos direitos.

É esperado que no futuro, sejam abertas novas ações judiciais contra a Apple, já que, aparentemente, a empresa de Cupertino parece estar ligada a um número expressivo de propriedades intelectuais da Nokia. Não é a primeira vez que um processo relacionado a este assunto é aberto contra Apple, que tem um vasto histórico de problemas com o uso inapropriado de patentes de outras fabricantes.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.