MIUI 12: confira as principais novidades que chegarão na nova interface da Xiaomi

Em janeiro, a Xiaomi veio a público para anunciar que já estava começando a trabalhar no próximo update de ROM, divulgando oficialmente a logo da interface MIUI 12, mas não deu grandes detalhes em relação ao que seria implementado.

No início do mês, surgiu uma lista com os aparelhos que poderiam ser agraciados com a próxima atualização, mostrando que a empresa estaria empenhada em atualizar o maior número possível de aparelhos.

Seguindo o cronograma que já havia divulgado, a gigante chinesa encerrou a propagação para desenvolvedores, o que significa que o público está bem perto de ter acesso a primeira versão beta, que deve ser distribuída a partir das próximas semanas.

Com isso, o público vai ter uma noção de todas as implementações realizadas pela Xiaomi na MIUI 12, além de não sofrer com tantos bugs, já que, em teoria, eles foram removidos durante o beta fechado, com base no feedback dos testadores.

A Interface como um todo

A MIUI 12, de modo geral, recebeu boas modificações em comparação com a versão do 11, começando pelo fato da Xiaomi ter buscado bastante elementos populares no iOS 13 da Apple para aplicar em seu sistema personalizado.

Além disso, deu uma boa repaginada em recursos que já estão presentes no Android 10 e, possivelmente, serão ainda mais aprimorados na próxima versão, que deve ser apresentada nas próximas semanas.

A partir de agora, vai ser possível saber quais aplicativos estão usando elementos padrão do seu smartphone sem a sua autorização, como câmera, GPS e microfone, algo que já era mostrado em algumas interfaces concorrentes e agora chega ao produto da Xiaomi.

Para quem é gamer, uma boa novidade foi adicionada no GameTuro que, além das ferramentas para otimização dos jogos, agora vai permitir que algumas opções sejam acessadas por meio de comandos de voz, algo que vai ser um adianto para quem não pode dar pausa no jogo.

Prints

As mudanças

Como é possível ver nas imagens acima, a empresa deu uma adicionada bem-vinda na parte de segurança e privacidade da interface com diversos recursos novos para deixá-la ainda menos suscetível a invasores.

Toda vez que tal ação ocorrer, vai aparecer uma notificação em push como forma de alerta, permitindo também que o usuário saiba quais aplicativos estão rodando em segundo plano, mesmo que não apareçam na aba de apps a serem encerrados.

O famoso Digital Wellbeing, que ajuda a administrar o uso do smartphone para evitar o vício, agora vai ter recursos mais avançados, aplicando ainda mais funcionalidades importantes a ele.

Para quem sempre criticou e reclamou do modo Lite da MIUI, que normalmente é ativado por meio das configurações, já pode comemorar, porque agora os aplicativos serão mostrados ainda maiores, mas sem deixar de lado o visual clean que a Xiaomi trabalha.

Outras novidades adicionadas estão exemplificadas em forma de animação, como é possível ver nos vídeos abaixo, incluindo animações de inicialização e tela de bloqueio semelhantes ao iOS. Confira!

Fonte: Techindeep

Sobre Jucyber

Só uma garota apaixonada por tecnologia, mundo nerd, ficção científica e carros.