Início » MEU-ANDROID » Novos dados do Kantar: Mais queda do Windows, mas por que a Microsoft permite isso?

Novos dados do Kantar: Mais queda do Windows, mas por que a Microsoft permite isso?

Kantar

Os últimos dados do Kantar Worldpanel ComTech para os últimos três meses encerrados em maio de 2016, mostram que o Android continua obtendo ganhos de novos usuário ano-a-ano em todas as regiões, até porque é a única plataforma que possui bons custo benefício.

O iOS vem sofrendo quedas na China, Itália e EUA desde o inicio do ano, no Brasil as quedas vem desde o ano passado.

Windows Phone

  • EUA: No inicio do ano a plataforma tinha 2,6% de participação, agora em Maio tem apenas 1,6% mas isso é um aumento se comparado com os 1,3% do mês de abril.
  • China: Em Janeiro a plataforma possuía 0,9% agora em maio apenas 0,6 mas isso é um aumento se comparado à abril que possuía apenas 0,4% .
  • Itália: Essa é uma das poucas regiões onde a plataforma se sustenta bem ainda, embora tenha sofrido queda desde o inicio do ano quando tinha 7,2% , agora ela possui 6,0% .
  • Espanha: Aqui a plataforma é quase inexistente com apenas 0,2% de market share, quando em janeiro possuía 0,8%.
  • Japão: Aqui a plataforma também é quase inexistente com apenas 0,1% quando no inicio do ano possuía 0,5%.
  • Brasil: Aqui os dados do Kantar ainda não foram atualizados, apenas temos dados de Janeiro que mostra 4,1% de market share. Acho que podemos presumir que agora ela esteja na faixa dos 3%.

Não é nenhum segredo que as vendas de dispositivos Lumia da Microsoft continuam caindo – na verdade, a própria empresa já havia divulgado anteriormente uma informação de que tinha vendido apenas 2,3 milhões de smartphones nos trimestres anteriores.

Mas isso se deve pelo fato de que a própria empresa reduziu seus esforços no seguimento de telefone desde o inicio do ano passado “Estamos nos movendo para uma estratégia de crescimento e criar um ecossistema Windows vibrante, incluindo o a família first-party de dispositivos”. Embora a empresa esteja em fase de transição preparando terreno para seus próximos planos, essa falta de empenho que vemos, irá refletir numa perca de credibilidade por parte de quem já teve um Smartphone Windows.

E enquanto ela não se move, não me parece haver nada além do horizonte que vai fazer com que algo mude nesse sentido. O HP Elite X3 não fará diferença, sendo um dispositivo caro e direcionado ao público corporativo, não haverá novos Lumias para este ano e os recém lançados no Japão, é algo precoce para ser detalhado ainda. 

Contudo eu me pergunto: Por que uma empresa intencionalmente permitirá que seu produto tenha uma queda no mercado em um época em que ela estava obtendo crescimento? Acredito eu que, o novo CEO da Microsoft não era o que queríamos, que tem visado mais o mercado corporativo, queremos alguém que vise o mercado do consumidor.

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.