Oficial: CEO está desistindo do Ubuntu Touch em smartphones para concentrar-se em outros setores

No inicio de 2016, anunciamos aqui a morte do Firefox OS, sistema da Mozilla para dispositivos móveis que foi oficialmente descontinuado pela empresa. Agora, o negócio com relação ao Ubuntu Touch também não estava indo bem desde que um entusiasta começou o seu projeto por volta do ano de 2011, quando Mark Shuttleworth, da Canonical, apresentou sua visão sobre a convergência.

O objetivo principal do Ubuntu Touch seria de equipar smartphones, tablets, smart TVs e outras telas inteligentes. Infelizmente, o sonho de Shuttleworth parece bastante distante agora, uma vez que o CEO da Canonical anunciou que sua empresa está desistindo do Ubuntu Touch para tentar concentrar-se em outros setores.

Unity8, a plataforma que deveria estar trabalhando conjuntamente com todos os dispositivos inteligentes sob a marca Ubuntu, é agora uma coisa do passado, já que a Canonical anunciou que vai descontinuar o desenvolvimento de sua plataforma. Aparentemente, a Canonical já passou por “bons tempos” e agora quer continuar a crescer, mas por outros meios. Para que isso acontecer, a empresa precisará abandonar alguns projetos que consomem muitos recursos a longo prazo.

E última instância, a empresa precisaria investir nas áreas que estão contribuindo para o crescimento da empresa, seria o próprio Ubuntu, para desktops, servidores e VMs, produtos de infraestrutura em nuvem (OpenStack e Kubernetes), capacidades de operações em nuvem (MAAS, LXD, Juju, BootStack), bem como projetos relacionados ao IoT em snaps e Ubuntu Core.

Embora o projeto Ubuntu Touch tenha sido arquivado por enquanto, o sonho da Canonical de convergência continua vivo, eles apenas não estarão mais ligados com dispositivos móveis.

Fonte | Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.