Parceria entre HMD/Nokia e Google terá objetivo de guiar a Nokia de volta ao sucesso, entenda

Como trazer de volta uma marca que já dominou o mercado e depois “sumiu” de forma trágica? essa é a árdua tarefa abraçada pela HMD, que deverá tornar a milenar marca finlandesa competitiva novamente em um mercado onde a concorrência é acirradíssima e o consumidor é bastante resistente as quebras de padrões. Qual será a tática para fazer a Nokia relevante de novo?

Falhando em suas empreitadas em busca do concorrente perfeito para disputar espaço com o sistema da Google, a marca foi perdendo espaço para o sucesso do robozinho. Como diz o ditado, se não podes com ele, junte-se a ele. Dito isso, a parceria com a HMD e Google terá como objetivo encontrar o caminho de volta para o estrelato, em um futuro baseado em smartphones Nokia equipados com o popular Android.

Em entrevista para Gulf News, Per Ekman, o vice presidente da HMD Global nas regiões Oriente Médio e Africa do Norte prometeu que os novos aparelhos terão a mesma qualidade da marca adorada pelos consumidores nos produtos mais antigos da Nokia, além de dar detalhes sobre como uma nova parceria estratégica com o Google ajudará a impulsionar a empresa de volta à sua antiga glória:

A maioria dos smartphones no mercado não tem o sistema operacional Android da maneira que deveria ser. Fornecedores estão adicionando uma skin em cima do sistema operacional. Os consumidores têm o direito de ter a versão mais recente do O.S. e vamos estar distribuindo a ultima versão e seus patches, logo que estiverem disponíveis a partir do Google … Nós e o Google iremos reforçar conjuntamente a marca Nokia para colocar o tipo certo de funções nos smartphones, incluindo o Google Assistant.

Ekman enfatizou a questão do sistema embarcado nos Nokia 3, 5 e 6 , que encontram-se em estágios altamente próximos a versão mais pura do sistema, possuindo pouquíssimas mudanças visuais e funcionais. Por isso a companhia surpreendeu a todos ao anunciaar que os três aparelhos chegariam ao consumidor já rodando o Android 7.1.1. diretamente da caixa, além da garantia de updates mensais trazendo todas novidades em software adicionadas pela Google no período.

Este detalhe por si já traz uma grande vantagem a nova linha em relação aos seus concorrentes, que não tem trazido foco neste setor e possuem poucos aparelhos atualizados para a versão Nougat (menos de 1% dos aparelhos Android vendidos hoje estão rodando a versão 7.1).

Mesmo sem dar detalhes precisos, o vice presidente ainda reforçou o lançamento global de todos os três aparelhos em breve, o que é especulado pela industria para acontecer entre o final de maio e inicio de junho.

Fonte.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.