Início » Meu-Android » Pokémon Go expande a aparição de monstrinhos, áreas rurais são as principais beneficiadas

Pokémon Go expande a aparição de monstrinhos, áreas rurais são as principais beneficiadas

Diferente de países desenvolvidos, jogar Pokémon GO por aqui nem sempre é uma tarefa tão fácil. Fora os problemas relacionado a segurança e infraestrutura do nosso país, dependendo da sua localidade é muito provável que você não tenha muitas coisas para fazer no game. Isso acontece devido a baixa distribuição das pokestops e ginásios, que servem como indicador para o código decidir quantos e quais monstrinhos apareceram naquele local.

Caso você more uma cidade onde existem poucos destes pontos, neste momento deve estar assimilando o porque não aparecem tantos (ou nenhum) monstro na sua cidade, não é mesmo? mas uma boa noticia da Niantic pode trazer alguma mudança positiva para você. Através de uma entrevista para o SlashGear, a companhia afirmou que houve um aumento na aparição dos monstrinhos, principalmente em áreas rurais e cidades pequenas.

Estas mudanças já estão sendo sentidas pelos usuários, que indicam um aumento de cerca de 10 e 15%, tornando o game muito mais dinâmico e interessante. Esta mudança se torna ainda mais valiosa com a recente mudança no tempo para o desaparecimento de monstrinhos, que passou a ser de 30 para 60 minutos, dependendo do caso.

Ainda que seja algo muito bem vindo, a alteração por si só não resolve completamente o problema de locais menos povoados por pokestops, já que continua complicado para que os treinadores consigam pokébolas sem desembolsar nada. É, parece que a Niantic não está disposta a perder mais usuários.

Via.

Sobre Deco Portella

Caseiro, estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.
  • Pietro Moraes

    Não adianta só isso, já passou da hora de poder indicar pokestops e ginásios também.

  • aldo

    Eu jogo, mas cada um é cada um, quem jogou e não joga mais é porque segue modinha não é fã.

    • Thales M. De Oliveira Glim

      Quem é fã de Pokémon sabe que um jogo sem batalhas, sem precisar treinar e sem trocas não deveria levar o nome Pokémon.

  • Alexandre Borcem

    E ainda tem gente que joga isso?