Galaxy Note 7

Com uma sequência de relatos a respeito de eventuais explosões da bateria em unidades de alguns Galaxy Note 7 durante o carregamento, com várias pessoas postando imagens e vídeos de seu aparelho carbonizados, a empresa sul-coreana vem se pronunciar de forma oficial para clientes que recentemente adquiriram unidades do aparelho.

Dito isso, a seguir podemos ver a sua declaração oficial sobre o assunto:

“Em resposta a perguntas sobre Galaxy Note7, estamos conduzindo uma inspeção completa com os nossos parceiros”, disse Samsung. “Vamos compartilhar os resultados o mais rapidamente possível. Samsung é totalmente comprometida em fornecer produtos da mais alta qualidade aos nossos consumidores.”

Explosão Galaxy note 7

Por conta disso, a empresa decidiu por paralisar a distribuição do modelo em questão até que a situação seja resolvida, isso deve ocorrer especialmente em mercados tais como a Bélgica e Sérvia.

Embora não haja atualmente nenhuma palavra oficial sobre o número de unidades que foram afetadas pelo problema, um funcionário anonimo da Samsung disse que o valor é inferior a 0,1% de todas as unidades já vendidas e que “o problema pode ser resolvido simplesmente com a trocar por uma nova bateria”, disseram eles.

De acordo com um relatório da Reuters, o atraso nas vendas do Galaxy Note7 foi devido ao fiasco da bateria que custou uma perda em mais de $7000000000″ no valor de mercado da Samsung. Tudo isso sem mencionar o pior momento possível que isso poderia ter ocorrido para a empresa, uma vez que os novos iPhones serão apresentados já na próxima semana.

Via

Galaxy Note 7

Com uma sequência de relatos a respeito de eventuais explosões da bateria em unidades de alguns Galaxy Note 7 durante o carregamento, com várias pessoas postando imagens e vídeos de seu aparelho carbonizados, a empresa sul-coreana vem se pronunciar de forma oficial para clientes que recentemente adquiriram unidades do aparelho.

Dito isso, a seguir podemos ver a sua declaração oficial sobre o assunto:

“Em resposta a perguntas sobre Galaxy Note7, estamos conduzindo uma inspeção completa com os nossos parceiros”, disse Samsung. “Vamos compartilhar os resultados o mais rapidamente possível. Samsung é totalmente comprometida em fornecer produtos da mais alta qualidade aos nossos consumidores.”

Explosão Galaxy note 7

Por conta disso, a empresa decidiu por paralisar a distribuição do modelo em questão até que a situação seja resolvida, isso deve ocorrer especialmente em mercados tais como a Bélgica e Sérvia.

Embora não haja atualmente nenhuma palavra oficial sobre o número de unidades que foram afetadas pelo problema, um funcionário anonimo da Samsung disse que o valor é inferior a 0,1% de todas as unidades já vendidas e que “o problema pode ser resolvido simplesmente com a trocar por uma nova bateria”, disseram eles.

De acordo com um relatório da Reuters, o atraso nas vendas do Galaxy Note7 foi devido ao fiasco da bateria que custou uma perda em mais de $7000000000″ no valor de mercado da Samsung. Tudo isso sem mencionar o pior momento possível que isso poderia ter ocorrido para a empresa, uma vez que os novos iPhones serão apresentados já na próxima semana.

Via

Prejuízo: Samsung emite declaração oficial sobre fiasco e explosões na bateria do Galaxy Note 7

Galaxy Note 7

Com uma sequência de relatos a respeito de eventuais explosões da bateria em unidades de alguns Galaxy Note 7 durante o carregamento, com várias pessoas postando imagens e vídeos de seu aparelho carbonizados, a empresa sul-coreana vem se pronunciar de forma oficial para clientes que recentemente adquiriram unidades do aparelho.

Dito isso, a seguir podemos ver a sua declaração oficial sobre o assunto:

“Em resposta a perguntas sobre Galaxy Note7, estamos conduzindo uma inspeção completa com os nossos parceiros”, disse Samsung. “Vamos compartilhar os resultados o mais rapidamente possível. Samsung é totalmente comprometida em fornecer produtos da mais alta qualidade aos nossos consumidores.”

Explosão Galaxy note 7

Por conta disso, a empresa decidiu por paralisar a distribuição do modelo em questão até que a situação seja resolvida, isso deve ocorrer especialmente em mercados tais como a Bélgica e Sérvia.

Embora não haja atualmente nenhuma palavra oficial sobre o número de unidades que foram afetadas pelo problema, um funcionário anonimo da Samsung disse que o valor é inferior a 0,1% de todas as unidades já vendidas e que “o problema pode ser resolvido simplesmente com a trocar por uma nova bateria”, disseram eles.

De acordo com um relatório da Reuters, o atraso nas vendas do Galaxy Note7 foi devido ao fiasco da bateria que custou uma perda em mais de $7000000000″ no valor de mercado da Samsung. Tudo isso sem mencionar o pior momento possível que isso poderia ter ocorrido para a empresa, uma vez que os novos iPhones serão apresentados já na próxima semana.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.