Bolsonaro finalmente entrega projeto para privatização dos Correios

Há algum tempo se fala a respeito de uma possível privatização dos Correios e, a maioria do povo brasileiro parece ter aprovado a decisão. Agora, o Presidente Jair Bolsonaro acaba de entregar ao Congresso Nacional o projeto de privatização da Estatal.

Saindo do Palácio do Planalto em direção a Câmara dos Deputados, Bolsonaro levou o texto em mãos, no qual estava acompanhado pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, e do ministro da Economia, Paulo Guedes. A entrega ainda contou com a presença do presidente da Câmara, Arthur Lira.

Qual o objetivo de privatizar?

Com base nas informações obtidas pelo Ministério das Comunicações, o texto prevê a obrigatoriedade do cumprimento de metas de universalização e de qualidade dos serviços postais, além de estabelecer que a Anatel se torne a agência reguladora desse mercado.

Há chances do governo decidir fazer a venda direta do controle majoritário dos Correios ou de apenas algumas partes da empresa. Fontes no Planalto também informam que até mesmo a liquidação da estatal está sendo estudada.

Principais motivos para privatização

Primeiramente, os principais motivos para a privatização dos Correios por parte do Governo Federal é para que se possa diminuir o tamanho do estado e diminuir prejuízos que vem ao longo de anos. Por outro lado, existem outras queixas por parte dos clientes: funcionários com má vontade; carteiro que fala que não foi atendido no endereço (quando há alguém na casa); greve todo ano; telefones que não servem para nada; encomendas extraviadas.

Fonte / Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.