Realme lançará o Realme X50 Pro para bater de frente com o Galaxy S20 Ultra e Xiaomi Mi 10 Pro

A Realme vem trabalhando para se tornar uma marca de tecnologia e não só uma fabricante de celulares. A prova disso é que recentemente a empresa, que se tornou independente da OPPO, fez o lançamento do seu aplicativo Realme Link que tem como principal objetivo ser uma central de controle de produtos da empresa para criar um sistema IoT.

Esse serviço acaba confirmando os rumores de que a fabricante realizaria o lançamento de outros acessórios em conjunto com o celular topo de linha, o Realme X50 Pro.

Além de realizar o anúncio, a marca também aproveitou para compartilhar com o público uma enquete onde os usuários serão responsáveis pelo visual final do ícone relacionado ao Realme Link, e o resultado vai ser divulgado em 21 de fevereiro.

Para que os usuários entendessem melhor a ideia das logos, a empresa fez questão de explicar o significado para o software que vai passar a vir pré-instalado de fábrica nos smartphones.

“O ícone principal consiste em duas letras interconectadas L, que significa “Link”. A letra “O” no meio, significa “Operador”. Além disso, o “O” representa ecossistema. Esperamos oferecer a você um ecossistema com excelente experiência em IoT através do Realme Link. A extensão do círculo representa que o Realme visa enriquecer continuamente as categorias de produtos AIoT e aperfeiçoar a experiência do ecossistema do Realme. Você também pode ver o ícone como duas pessoas se abraçando. O Realme Link deseja fornecer uma plataforma para que nossos fãs tenham mais conexões entre si”, disse a Realme.

Realme X50 pro

Como já adiantamos no terceiro parágrafo, o Realme X50 Pro vai ser anunciado no dia 24, e com ele teremos acesso ao topo de linha.

A Realme não gosta de fazer muito mistério em relação aos seus produtos, e ela mesma vai soltando pequenos spoilers para deixar o público curioso em relação ao que está por vir.

Em um banner divulgado nas redes sociais da empresa, fica claro que o aparelho vai contar com zoom digital de 20x, uma grande evolução em configuração fotográfica para uma empresa tão nova.

Além disso, uma outra imagem mostra algumas especificações do aparelho, que vai contar com a plataforma Snapdragon 865, Dual Mode 5G, tela AMOLED com taxa de atualização de 90 Hz e carregador rápido de 65W. No entanto, mesmo que as specs não pareçam se igualar as do Mi 10 Pro e o Galaxy S20 Ultra, a intenção da empresa aqui é oferecer algo que no final das contas sai mais acessível para o usuário final.

Fonte: GSMArena 1 e 2

Sobre Jucyber

Só uma garota apaixonada por tecnologia, mundo nerd, ficção científica e carros.