Reinicializações aleatórias nos Galaxy S8 e S8+ tem causado dores de cabeça aos usuários

Introduzir nova tecnologias em uma linha de smartphones é sempre arriscado, uma vez que os primeiros modelos tendem a apresentar alguns problemas devido a inexperiência da companhia em relação a novidade e inovação. A situação começa a ficar complicada a partir da multiplicação dos casos, dificultando a resolução das falhas e a manutenção da boa imagem do dispositivo.

Quem vem tentando fugir desta armadilha é a Samsung, já que os novos Galaxy S8 e S8+ tem causado algumas dores de cabeça. Após o surgimento do problema com as telas avermelhadas, reconhecimento de redes Wi-Fi e as falhas de carregamento Qi, a sul coreana tem recebido queixas sobre problemas mais sérios relacionados ao software dos flagships. A reclamação vem dos fóruns da Samsung e dos desenvolvedores XDA , onde diversos usuários reclamam sobre os aparelhos estarem apresentado reinicializações aleatórias.

“Estou tendo o mesmo problema no meu Galaxy S8”, disse o usuário de xda-developers Gekidami. “Aleatoriamente, alguns símbolos aparecem na tela (quase sempre na parte inferior) e em seguida, ele apenas reinicia. Acontece no modo de segurança também, por isso não parece ser um aplicativo causando isso. Telefonei para a Samsung e eles me disseram para enviar de volta para os varejistas e pedir uma substituição. “

Uma investigação tem sido feita pelos usuários para descobrir as causas do problema, porém nada foi confirmado até o momento. Especula-se que talvez seja resultado do conflito entre os recursos de segurança, fazendo com que o dispositivo reinicie após confundir a biometria e as leituras faciais/iris. Outros usuários acreditam que o problema tem origem na adição do MicroSD, enquanto outros acreditam que possa estar ligado a tela “Always On”, uma vez que tem experimento a falha após bloquearem a tela no momento em que seus aparelhos estão com baixa carga.

Não é sabido se o problema poderá ser corrigido com uma atualização de software, porém, a necessidade de um recall das unidades seria veemente evitado pela Samsung, que deseja apagar o fantasma do Galaxy Note 7. As falhas tem atingido uma grande parcela de usuários, que afirmam que nem mesmo com a troca dos dispositivos obtiveram resolução. Até o momento, não temos explicações oficiais da Samsung.

Via.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.