Início » Meu-Android » Sabia que diversos aplicativos da Google Play possuem rastreadores de dados ocultos?

Sabia que diversos aplicativos da Google Play possuem rastreadores de dados ocultos?

Preocupado com o fato de seus aplicativos de smartphone estarem rastreando suas informações pessoais? Se sua resposta foi não, saiba que de acordo com um novo relatório da Privacy Lab, foram confirmados através de ferramentas de rastreamento, centenas de aplicativos Android com rastreadores de informações.

Existe até um site interativo que permite verificar quais rastreadores seus aplicativos Android estão executando. Alguns aplicativos não têm nenhum, outros têm apenas rastreadores de diagnóstico; mas alguns têm sete ou oito rastreadores, incluindo alguns que acompanham sua localização física e outros que compartilham o comportamento do usuário com terceiros.

Ads code goes here

Os usuários de iPhones não têm motivos para ficarem felizes, pois suas aplicações podem ter tantos rastreadores como os do Android. No entanto, pesquisadores do Laboratório de Privacidade da Universidade de Yale e da organização francesa sem fins lucrativos Exodus Privacy, não puderam obter permissão para analisar aplicativos iOS.

“Muitas das empresas que distribuem aplicativos na Google Play também distribuem aplicativos pela Apple e as empresas de rastreamento anunciam abertamente os Kits de Desenvolvimento de Software (SDKs) compatíveis com múltiplas plataformas”, observa o relatório Yale.

Para proteger sua privacidade, mantenha apenas os aplicativos que você usa regularmente instalados em seu smartphone. Exclua os aplicativos ou jogos com os quais você terminou. Os usuários do Android devem sempre examinar as permissões de um aplicativo antes de instalá-lo; Se um jogo quiser tirar fotos ou fazer chamadas telefônicas, isso deve aumentar o alerta. O Yale Privacy Lab e a Exodus Privacy analisaram mais de 400 aplicativos Android e descobriram que cerca de 75% continham software de rastreamento.

Muitas aplicações, incluindo as de ProtonMail, Telegram Messenger, Twitter e Wikipedia, tiveram apenas um ou dois rastreadores de diagnóstico, como o CrashLytics ou o HockeyApp parecem ser projetados para transmitir as causas de falhas de aplicativos aos desenvolvedores, isso pvarece benigno para nós.

Mas a maioria dos aplicativos tinha pelo menos quatro rastreadores, muitos deles projetados para analisar o comportamento do usuário e anúncios segmentados. Alguns dos aplicativos com o maior número de rastreadores encontrados foram o Imgur e a estação de rádio francesa NRJ Radio. Aplicativos para CVS Pharmacy, The Weather Channel, Super-Bright LED Flashlight, ESPN, WeatherBug ‘tinham sete rastreadores.

Houve algumas surpresas. Os usuários do serviço CyberGhost VPN talvez não fiquem satisfeitos em saber que seu aplicativo Android inclui o rastreador Loggly, que parece coletar dados de usuários anônimos e compartilhá-lo com terceiros. O aplicativo do navegador Firefox inclui o roteador de anúncios DoubleClick do Google e a plataforma de marketing LeanPlum; Assim como vários outros aplicativos famosos.

Em seu comunicado de imprensa, o Yale Privacy Lab afirmou que esses resultados mostraram a necessidade de “aumentar a transparência na privacidade e na prática de segurança em relação aos rastreadores”, acrescentando que todos os usuários de smartphones “merecem um sistema confiável de desenvolvimento, distribuição e instalação de software que não inclua código de terceiros mascarado”.

Via | Relatório

Sobre Dhienerson Bontempo

Editor deste site, entusiasta de tecnologia, ama fotografia e conteúdo audiovisual.
%d blogueiros gostam disto: