Samsung oficializa o Galaxy S20, S20 Plsu e S20 Ultra com tudo que há de melhor em câmeras

E depois de muita espera, finalmente a Samsung realizou o evento Unpacked 2020 diretamente de San Francisco, EUA, para anunciar os aparelhos Galaxy S20, S20 Plus, S20 Ultra, além do Galaxy Z Flip e os fones de ouvido Bluetooth Galaxy Buds Plus.

Design renovado

Visualmente eles possuem mais semelhanças do que diferenças, já que a parte do display de todos conta com apenas uma câmera frontal aplicada no entalhe Infinity-O incorporado ao centro superior de todos os modelos, assim como foi implementado na linha Note 10.

O modelo S20 chega com uma tela de 6,2 polegadas, enquanto o S20 Plus possui 6,7 e o S20 Ultra 6,9. Como adicional de segurança, todos eles mantêm o diferencial que fez sucesso na geração anterior, que é o leitor de digitais sob o display, aposentando de vez essa opção de forma física, como estava presente no S10e, o que particularmente pra mim não era uma ideia ruim mante-los dessa forma.

Uma configuração aplicada nos modelos que vai ser ainda melhor para quem é mais exigente é a taxa de atualização que varia entre 90 Hz e 120 Hz, onde a versão mais robusta só pode ser usada em resolução FullHD+ para não comprometer a autonomia da bateria – esse ajuste fica ao critério do usuário.


Performance ainda melhor

Em performance, a Samsung não economizou em nenhum dos celulares, disponibilizando a plataforma Snapdragon 865 em alguns países, e na versão internacional o Exynos 990, que muito provavelmente será usada para os modelos vendidos no Brasil.

Para melhorar ainda mais a parte de hardware, a sul-coreana também aumentou o valor mínimo de memória RAM disponível, permitindo versões de 8GB e 12GB para os modelos S20 e S20 Plus, mas alcançando 16GB no S20 Ultra – sendo essas já a geração LPDDR5. Contudo, não conseguimos compreender porque tanta RAM em um smartphone, pois hoje mal se usa 8GB.

No armazenamento interno não foi diferente, pois a marca vai estar vendendo os dispositivos com configurações que variam entre 128GB, 256GB e 512GB, onde esse último só está disponível no smartphone mais robusto, mas ambos ainda possibilitam amplificação via uso de cartão micros de até 1TB.

A autonomia da bateria está ainda melhor, pois otimizações de software em conjunto com a amplificação da miliamperagem prometem deixá-los fora das tomadas por boas horas. O modelo S20 possui 4.000mAh, o S20 Plus 4.500mAh e o S20 Ultra 5.000mAh.  


As câmeras criam o diferencial!

A grande diferença entre os celulares, onde a Samsung trabalhou bem para “complicar” a vida dos usuários no momento da escolha foi na parte fotográfica, onde o Galaxy S20 traz um conjunto de três lentes na parte traseira com configurações de 12, 64 e 12 megapixels.

A principal possui opção de gravação em 8K, Space Zoom de até 30x e zoom óptico de 3x, e para selfies há uma lente de 10 MP, o que permite capturas que exploram mais a qualidade do que a resolução em si. O preço sugerido para ele é de US$ 999 (~R$ 4.327).

O S20 Plus não possui grandes diferenças, tendo apenas uma lente a mais onde está aplicado o sensor ToF para coleta de dados em profundidade de campo. Esse pequeno upgrade na configuração também influencia diretamente no preço, que sobe para US$ 1.199 (~R$ 5.194).

Apesar de todos serem bem avançados, o S20 Ultra é o mais robusto de todos na parte de captura de imagens, pois a câmera principal possui 108 megapixels, enquanto as outras três se alternam entre 48MP, 12MP e o sensor ToF.

Mas, a diferença real fica por conta do zoom digital de 100x, fazendo com que ele seja superior ao modelo P30 Pro da Huawei, que entregava a metade dessa opção para os usuários, além disso, ele vem com um zoom óptico de 10x. O preço desse celular mais premium é de US$ 1.399 (~R$ 6.060).

Levando em conta o fato dele ter sido anunciado lá fora nesta terça-feira, é fato que precisaremos ficar de olho no “Save the date” da Samsung para saber quando os novos modelos chegarão por aqui com seus respectivos preços.

Sobre Jucyber

Só uma garota apaixonada por tecnologia, mundo nerd, ficção científica e carros.