Samsung relança o Galaxy Fold com melhorias e aprimoramentos na construção

Vimos o primeiro dispositivo dobrável ser oficializado no início desse ano pela Samsung. O Galaxy Fold parece ter sido lançado as pressas para que a empresa pegasse o primeiro lugar ao disponibilizar esse primeiro conceito, porém como se diz o ditado: “apressado come crú” e a empresa viu pequenos problemas de construção serem notados pelos analistas.

Entretanto, depois que se percebeu as falhas do produto a empresa logo iniciou um recall de todas as unidades, o que obrigou a companhia levar meses para ajustar todas as arestas do produto, porém agora concluiu seu trabalho e está pronta para trazer um novo produto com “design e construção aprimorados”.

Embora o design geral do Galaxy Fold permaneça inalterado em relação à versão original como: Infinity Flex Display de 7,3 ”e um display Super AMOLED de 4,6” na parte externa, a Samsung finalmente consertou o problema encontrado na dobradiça e na camada de película protetora da tela flexível.

Todas essas arestas são protegidas agora por uma camada de borracha. Além disso, há outra camada protetora na parte superior que vai além das bordas, para que você não possa retirá-la tão facilmente.

Câmeras e hardware

O Samsung Galaxy Fold possui um total de seis câmeras, e aqui não houve nenhuma alteração, pois tudo estava funcionando perfeitamente bem com elas. Portanto, há uma configuração de câmeras semelhantes ao Galaxy S10 +. O hardware continua o mesmo: processador Snapdragon 855, juntamente com 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento.

A bateria foi introduzida inicialmente com uma capacidade de 4.380 mAh, mas o modelo 5G tem 4.235mHA devido à arquitetura interna.

Disponibilidade

O novo produto da Samsung será disponibilizado inicialmente em sua terra natal – Coréia do Sul – e em seguida comercializado por diversos países selecionados, incluindo França, Alemanha, Cingapura, Reino Unido e Estados Unidos. No entanto, nada acerca do seu preço foi anunciado ainda, porém ao que tudo indica, ele não deve custar menos do que custava em seu primeiro lançamento – U$ 2.000.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.