Porque as marcas de celulares estão desvalorizando seus produtos? esta é a razão

Recebemos muitos questionamentos do porquê os smartphones são tão parecidos um com o outro. Parece que as empresas estão roubando o design de outras marcas e já percebemos que não há mais aquele carinho com cada produto apresentado.

Mas a dura realidade é que os celulares acessíveis e intermediários geralmente são aqueles que parecem “ovos”. O grande motivo é o fato da maioria deles serem frutos de projetos comprados prontos por pelo menos cinco empresas chinesas ODM (Original Design Manufacturer).

As cinco poderosas do ramo são Huaqin, Wingtech, LongCheer, CNCE (Chino-E), TINNO, que ocupam atualmente até 85% do mercado ODM. Para se ter uma ideia, uma tabela divulga que em 2019 cerca de 9% dos telefones Samsung foram projetados por empresas ODM, 17% dos dispositivos Huawei, 49% dos dispositivos LG e 54% dos dispositivos Nokia.

Em 2020, a porcentagem só aumentou e agora cerca de 22% dos aparelhos Samsung, 18% da Huawei, 74% da Xiaomi, 89% da Lenovo e 88% dos telefones Nokia são projetados fora de sua fábrica. Isso pode significar que as empresas estão cada vez mais desvalorizando seus produtos, onde as marcas ajustam os detalhes, mas as empresas ODM estão fazendo todo o resto do trabalho.

Xiaomi não fica de fora

Todo esse trabalho tem como principal objeto economizar gastos nos projetos de novos celulares. A Xiaomi, que hoje é uma das maiores fabricantes de celulares, tem 74% de seus dispositivos projetados por outra empresa. Mas será que isso significa que o produto final é ruim ou uma má qualidade? Bom! Vou deixar que vocês tirem suas próprias conclusões na seção dos comentários.

Via

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.