Tentando barrar importação, governo russo vai cobrar 200% sobre os dispositivos da Xiaomi

Com a crescente valorização dos smartphones, está cada vez mais habitual vermos aparelhos com preços absurdos que se multiplicam a cada geração. Em consequência a isso, cada vez mais usuários tem optado pela importação de smartphones chineses como os da Xiaomi, por exemplo,  já que a marca é responsável por aparelhos baratos e altamente equipados e funcionais.

Obviamente, isso não tem sido bem vistos pelas grandes companhias e governos locais, que tem se esforçado para barrar estas ações, como foi possível observar nas medidas de aumento dos impostos sobre a importação em nosso país. Outro país que decidiu seguir pelo mesmo caminho foi a Rússia, que planeja frear o crescimento da chinesa no país a qualquer custo.

Em uma medida extrema, o governo Russo passou a cobrar impostos de 200% sobre os modelos vendidos pela Xiaomi em suas vitrines. Além disto, está enviando cartas comunicando a proibição das ações de importação de smartphones para aqueles que tem repousado os olhos em outras opções fora do país. Estas ações surgiram após o inicio da comercialização de smartphones por parte da marca local “Smart Orange”.

Na internet, as ações tiveram grande repercussão entre os consumidores russos, que sofrem com a supervalorização dos preços destes dispositivos no país. Para amenizar a situação, a Xiaomi tem oferecido descontos para os compradores que receberam a carta de proibição do governo, bastando apenas provar que obtiveram o código de rastreio e documentos da alfândega, comprovando a aquisição.

Ainda que as decisões sejam alarmantes, não tem havido muita divulgação do caso por parte da mídia russa. Não houve pronunciamento oficial da Xiaomi sobre a sua posição quanto aos impostos no país, uma vez que os altos custos em seus aparelhos resultante das medidas podem danificar a imagem da companhia no país. Já pensou se o Brasil decide seguir a moda?

FonteVia.

Sobre André Portella

Estudante de TI, viciado em música, adorador de tecnologia e games.