Testemunha diz ter sido salva por celular durante ataques terroristas na França

França

A emissora francesa iTELE entrevistou Sylvestre, uma das testemunhas do atentado à França, em Paris na última sexta-feira. Um rapaz chamado apenas de Sylvestre conta que usou o aparelho e sua jaqueta para se proteger da bomba que explodiu nos arredores do local. Segundo ele, um dos estilhaços que vinha em direção à sua cabeça acabou atingindo seu celular.

Sylvestre, disse que ele também levou um tiro no pé e sofreu um arranhão de bala ao seu tronco, ainda estava segurando o telefone, aparentemente um Galaxy S6, que foi atingido diretamente numa parte de sua tela.

“Olhe aqui, este é o meu telefone que salvou minha vida. Caso contrário, minha cabeça já teria explodido”, disse ele.

O rapaz também disse que uma bala roçou sua caixa torácica, apontando para seu torso. Havia um buraco de bala em sua camiseta, que estava manchada de sangue. Ele acreditava que sua jaqueta grossa teria absorvido o impacto da bala.

“Eu não desejo isso para ninguém”, disse ele.

O estádio de futebol em que França e Alemanha se enfrentaram foi um dos seis locais do ataque terrorista na sexta-feira à noite. Pelo menos 158 pessoas foram mortas, outras 200 pessoas foram feridas com 99 delas gravemente feridas em estado crítico.

Via: SMH

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.